STJD ignora estatuto do torcedor e rebaixa a Portuguesa a Série B

STJD ignora estatuto do torcedor e rebaixa a Portuguesa a Série B

Por Meu Timão

10 mil visualizações 110 comentários Comunicar erro

O Fluminense é a maior vergonha do Brasil

O Fluminense é a maior vergonha do Brasil

Nessa sexta-feira (27), o estatuto do torcedor foi completamente ignorado na decisão do SJTD e o Fluminense mais uma vez conseguiu se manter na Série A. O advogado da Portuguesa alegou que no estatuto está escrito que a CBF deveria colocar no site da entidade a punição alegando que o atleta Héverton estava suspenso.

A CBF fez isso mas somente 1 dia após a partida ser realizada e o fato resultou a perda de 4 pontos da Portuguesa.Como os auditores ignoraram a lei, a Lusa novamente perdeu o julgamento, salvando o Fluminense de mais um rebaixamento.

Não será a primeira vez que o time carioca permanece na Série A através de tapetão.

Em 1996, o Fluminense ficou em penúltimo no Campeonato Brasileiro e deveria ter sido rebaixado, mas a CBF o rebaixamento naquela edição do campeonato, favorecendo o clube carioca e o Bragantino, respectivamente penúltimo e ultimo colocado.

Em 1999, após o clube ser rebaixado pra Série C, a CBF mudou a fórmula do regulamento da competição. Em 1998 e 1997 a Série C contou com 66 times divididos em 11 grupos de 6, mas na edição de 99, qual o Fluminense participou, teve uma nova fórmula de disputa e com menos clubes, 36 divididos em 6 grupos. O clube foi campeão da Terceira Divisão e conquistou o direito de disputar a segunda divisão do Brasileiro no ano 2000, mas uma nova manobra, o chamado “Caso Sandro Hiroshi” fez com que o Fluminense disputasse a Série A do Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Thiago Neves desperta interesse no Corinthians

    Corinthians formaliza interesse em Thiago Neves e Sassá, relata Cruzeiro

    ver detalhes
  • Ramiro foi peça importantes nos últimos títulos do Grêmio

    Pai de Ramiro revela conversas adiantadas com o Corinthians e fala em acerto ainda nesta semana

    ver detalhes
  • Matias Ávila, diretor financeiro, e Roberto Gavioli, gerente financeiro, em coletiva nesta quarta-feira

    Corinthians confirma déficit em 2018, mas prevê explosão de receitas com TV e patrocínios

    ver detalhes
  • Meio campista está bem perto de se tornar novo reforço do Corinthians

    Diretor do Fluminense confirma 'sim' de M. Gabriel e Corinthians se aproxima de acerto por Sornoza

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes