Mayke, destaque do Cruzeiro, recebe sondagens e pode deixar clube

Mayke, destaque do Cruzeiro, recebe sondagens e pode deixar clube

Mayke foi campeão brasileiro pelo Cruzeiro

Mayke foi campeão brasileiro pelo Cruzeiro

A campanha positiva do Cruzeiro nesta temporada segue chamando atenção de clubes estrangeiros. Depois do interesse do Manchester United pelo meia Éverton Ribeiro, agora é o lateral Mayke, eleito um dos melhores do Brasileirão, que virou alvo de times de fora do país.

De acordo com os representantes do jogador, ele vem recebendo sondagens. Porto e Benfica teriam procurado o jogador. Segundo o jornal A Bola, de Portugal, a dupla de rivais estaria disposta a desembolsar até R$ 13 milhões pela revelação.

As sondagens, no entanto, não são restritas a Europa. Inter, Grêmio e Corinthians chegaram a procurar o Cruzeiro para saber da possibilidade de contar com o jogador e ficaram de fazer uma proposta. O time celeste, no entanto, dificilmente liberará o atleta sem uma compensação financeira.

Durante a disputa do Brasileirão, o Cruzeiro acertou a compra de parte dos direitos econômicos do atleta e renovou o contrato do lateral até 2016. Nesta temporada, ele disputou 31 jogos, marcou dois gols e deu sete assistências, revezando com Ceará na titularidade celeste.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Jogo do Corinthians contra o Grêmio será transmitido para 13 estados do Brasil

    TV Globo exibe Corinthians e Grêmio para 13 estados do Brasil; confira

    ver detalhes
  • Corinthians vem de boa vitória no Brasileirão

    Corinthians pode se isolar na liderança e aumentar distância do G6; veja a classificação

    ver detalhes
  • Corinthians entra em campo neste domingo contra o Grêmio

    Corinthians visita Grêmio neste domingo para se consolidar na briga pelo hepta do Brasileirão

    ver detalhes
  • Gramado da Arena Corinthians está mais suscetível a 'escorregões' por excesso de umidade

    Gramado da Arena Corinthians 'chegou no limite', diz presidente de empresa responsável

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes