Melhor goleiro quer voltar logo a ser titular

Melhor goleiro quer voltar logo a ser titular

Cássio treinou bastante em 2013, mas acabou sofrendo demais com as lesões

Cássio treinou bastante em 2013, mas acabou sofrendo demais com as lesões

Foto: Daniel Augusto Jr/Corinthians

O ano de 2013 esteve longe do esperado para Cássio. Depois de ser eleito o melhor jogador do Mundial de Clubes e o melhor goleiro da Libertadores, em 2012, ele sofreu com lesões e algumas falhas neste ano. Para a próxima temporada, a meta está clara: se reerguer.

A primeira etapa é cuidar do corpo. O gigante de 1,95 m teve problemas nas duas coxas, no ombro esquerdo, no quadril e no punho esquerdo. Os problemas o tiraram de 26 das 75 partidas do time no ano. Número alto para um goleiro.

'Tenho de cuidar de mim e estou trabalhando bastante para isso. Terminei o ano com a recuperação (da lesão na coxa direita) avançada. Acredito que, com a pré-temporada feita corretamente, eu consiga ter uma sequência maior com o time', disse Cássio.

As constantes lesões abriram espaço para Walter. Contratado como quarto goleiro, o ex-jogador do União Barbarense terminou o ano como titular e agradando à torcida. Para piorar, Cássio falhou algumas vezes durante o ano, como contra o São Paulo, na Recopa, o Boca, na Copa Libertadores, e o Palmeiras, no Paulistão.

'Respeito o Walter, o Júlio (César) e o Danilo (Fernandes) e o bom trabalho que todos eles fazem. Estou aqui para ajudar, mas sei do meu potencial. Em todo clube que jogo, quero ser titular. Todo jogador tem de pensar assim. Só cabe a mim trabalhar para reconquistar esse espaço', falou o goleiro.

reencontro/ Apesar de ter participado de seleções de base, Cássio ganhou reconhecimento nacional com Tite, no Corinthians. Apesar de ter um carinho pelo, agora, ex-comandante corintiano, o goleiro tem bom relacionamento com Mano Menezes.

Seu futuro novo chefe foi o responsável por promovê-lo ao time profissional, no Grêmio, em 2006. Mano também o convocou para a seleção brasileira nos amistosos contra África do Sul e China, em 2012.

'Tenho respeito por ele e pelas chances que me deu. Espero que possamos trabalhar bem mais uma vez', comentou o arqueiro alvinegro.

entrevista: Cássio - Goleiro do Corinthians

‘Vou começar o ano 100% fisicamente’

DIÁRIO: As lesões atrapalharam demais em 2013. Como está a sua situação para a próxima temporada, então?

CÁSSIO: A minha recuperação foi muito boa nesta reta final de ano. Consegui fazer bem o tratamento e não sinto mais dores (na coxa direita). Claro que ficamos parados nas férias, mas acho que vou começar a próxima temporada 100% fisicamente. Sem problemas.

Qual é a importância da pré-temporada para um jogador que está voltando de lesão?

É fundamental, sem dúvida alguma. Eu queria terminar meu tratamento em 2013 justamente para isso. Para começar 2014 no mesmo nível dos companheiros na pré-temporada. Assim, terei um ano melhor.

Como você viu as atuações do Walter na reta final do Campeonato Brasileiro?

Foi muito bem. É um goleiro de muita qualidade. Já demonstrava isso nos treinamentos e provou em campo, quando teve uma oportunidade. Todos os goleiros do elenco têm qualidade para ser titulares.

A Copa do Mundo será disputada em 2014. Você ainda tem esse sonho de estar nela?

Todo jogador de futebol pensa em defender a seleção e disputar uma Copa do Mundo, ainda mais em seu país. Mas meu foco, agora, é em me recuperar e poder voltar a ajudar o Corinthians. Fazendo meu trabalho, a chance pode aparecer.

Danilo Fernandes e Júlio César não descartam deixar o clube

As boas atuações de Walter no fim do Campeonato Brasileiro e o moral que Cássio tem por tudo o que já fez no Corinthians complicam a vida de Júlio César e Danilo Fernandes. Ambos poderão deixar o clube no próximo ano.

Júlio foi criado no Timão, estreou entre os profissionais em 2005 e é torcedor do clube. Mas perdeu muito espaço desde a falha no Paulistão de 2012, contra a Ponte Preta. De lá para cá, mal foi relacionado para os jogos.

Com 29 anos e contrato até o fim de 2014, quase foi parar no Vasco este ano. O acerto acabou não saindo, mas deixar o clube para poder jogar mais segue

nos planos dele.

'Vamos ver. Gosto muito daqui. Ser reserva do Corinthians chama mais atenção do que ser titular em outros clubes. Mas vamos ver o que vai acontecer no futuro', disse Júlio César.

Danilo Fernandes vive situação parecida. Mais novo (tem 25 anos) e com contrato também até o fim de 2014, estava à frente de Júlio na briga, mas perdeu

espaço demais para Walter.

Os dois poderão ser emprestados para clubes menores do Paulistão. A diretoria vai analisar as ofertas no começo do ano.

Fonte: Diário de São Paulo

Veja Mais:

  • Giovanni Augusto treinou como lateral nesta terça-feira

    Giovanni na lateral, mudança na zaga e susto de Rildo: o treino desta terça do Corinthians

    ver detalhes
  • Índio deu a vitória ao Corinthians/UNIP

    Com gol no fim, Corinthians vira para cima do Sorocaba e se aproxima do título nacional

    ver detalhes
  • Terceiras camisas de Corinthians e Boca Juniors chamam atenção pela semelhança entre si

    Corinthians 'inspira' Boca Juniors, e time argentino lança camisa quase igual

    ver detalhes
  • Oya é um dos destaques do Timão na disputa no Sul do Brasil

    Timão joga bem, mas não impede segunda derrota na Copa Internacional Sub-20

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes