Ramirez avisa: "Olha eu aqui Mano"

Ramirez avisa: "Olha eu aqui Mano"

Tímido com a imprensa, Ramírez brinca durante treino no Timão

Tímido com a imprensa, Ramírez brinca durante treino no Timão

Foto: Daniel A. Jr / Ag. Corinthians

Por Lucas Bettine

O ano começou e as expectativas do Corinthians para trazer reforços de peso são poucas. Até agora, o lateral-esquerdo Uendel, da Ponte Preta, é o que está mais perto de chegar. Quando a situação chega nesse estágio, a diretoria começa a olhar para ver as peças que tem em mãos. E uma delas poderá ser útil: Cachito Ramírez.

Contratado em 2011, o peruano nunca teve uma grande sequência como titular, mas, nas oportunidades que surgiram, mostrou o seu valor. Atuando como meia ou segundo volante, Ramírez, cujo contrato vai até o fim do ano, tem 49 jogos pelo clube e cinco gols feitos. 

Um deles, muito importante, contra o Ceará, na 35 rodada do Brasileirão de 2011. A vitória por 1 a 0 manteve a liderança nas mãos do Timão e ajudou demais na conquista do título.

Ganhou o respeito da torcida e conseguiu até deixar no passado a expulsão contra o Tolima, poucos minutos depois de entrar em campo.

O problema, aliás, nem foi esse. Sempre convocado para a seleção do Peru, Ramírez tem um temperamento complicado. Não é de falar muito, tampouco seguir instruções táticas, fato primordial para Tite.

Animado/ Emprestado para a Ponte Preta no ano passado, Ramírez teve um bom início na equipe de Campinas, mas se desentendeu com a diretoria e acabou liberado antes mesmo do fim do vínculo.

De volta ao Corinthians, o meia se mostrou animado com as novas chances que surgirão com Mano Menezes. 'Todos os jogadores começarão do zero. A verdade é que estou muito contente de retornar para o clube que me abriu as portas para o futebol brasileiro', disse, em entrevista ao site Depor.pe.

Se Ibson e Maldonado vestiram a camisa do Timão em 2013, por que não apostar mais uma vez em Ramírez?

Fonte: Diário de São Paulo

Veja Mais:

  • Fora dos planos do Timão, Cristian é alvo do Jorge Wilstermann

    'De canto' no Corinthians, dupla é procurada por clube boliviano que está na Libertadores

    ver detalhes
  • Corinthians e Chapecoense dividem liderança da atual edição da Série A

    Chapecoense vence e empata com Corinthians na liderança do Brasileirão; veja a tabela

    ver detalhes
  • Castán pertence á Roma, mas jogou a última temporada pelo Torino, também da Itália

    Com reunião agendada na Itália, pai de Castán não descarta retorno do zagueiro ao Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno Paulo jogará no Santa Cruz até o final de 2017

    Com apenas um jogo pelo Corinthians, atacante é emprestado até o fim do ano

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes