Pretendido por São Paulo e Corinthians, Jucilei acerta com o Al Jazira

Pretendido por São Paulo e Corinthians, Jucilei acerta com o Al Jazira

2.8 mil visualizações 80 comentários Comunicar erro

Jucilei estava na mira de Corinthians e São Paulo

Jucilei estava na mira de Corinthians e São Paulo

Acabou mais uma novela no futebol brasileiro. Pretendido por São Paulo e Corinthians, o volante Jucilei, que estava no Anzhi Makhachkala, da Rússia, aceitou a proposta do Al Jazira e atuará no clube dos Emirados Árabes na temporada 2014.


Aos 25 anos, o ex-jogador do Corinthians receberá um salário de R$ 650 mil. Para ter Jucilei, o Al Jazira pagou 6 milhões de euros (R$ 19 milhões) ao Anzhi Makhachkala. O clube russo havia contratado o brasileiro do Corinthians.

São Paulo e Corinthians tinham chances remotas de contar com Jucilei por causa dos altos valores. Para piorar, o Fulham, da Inglaterra, havia se interessado pelo volante, que sabe chegar muito bem ao ataque e tem chutes certeiros.

A vontade de Jucilei de buscar novos desafios se dá pela decadência do Anzhi Makhachkala. Seu proprietário, Suleyman Kerimov, já não se interessa mais pelo clube. Tanto é verdade que o Anzhi é o último colocado no Campeonato Russo e tem rebaixamento praticamente decretado. Jucilei é o capitão do time.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Pedrinho vem recebendo chances no segundo tempo de boa parte das partidas do Corinthians

    Pedrinho é sondado por clubes da Série A; Corinthians veta saída e banca plano de carreira

    ver detalhes
  • Zagueiro é quarta opção para setor que já tem dupla titular consolidada

    Corinthians estuda empréstimo para dar rodagem a Léo Santos; três clubes de olho

    ver detalhes
  • Palmeiras cedeu imagens em tentativa de ajudar Kroll na investigação

    Investigadores contratados pelo Palmeiras viram piada entre corinthianos; caso pode parar na Suíça

    ver detalhes
  • Parque São Jorge foi palco da aprovação do balanço financeiro do Corinthians

    Finanças do Corinthians são aprovadas com explicações sobre déficit de R$ 35 milhões

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes