NETO: Quebrado, Timão adianta cotas de TV até 2017

NETO: Quebrado, Timão adianta cotas de TV até 2017

Neto criticou a diretoria

Neto criticou a diretoria

Confira o post do blog do Neto:

Muita gente me questionou quando disse nas minhas mídias que a direção do Corinthians não mandaria ninguém embora por força de contrato. Desceram a lenha em mim quando afirmei que o Mano Menezes teria dificuldades para contratar reforços para 2014. Pois então, não foi exatamente isso que aconteceu? Fiquei sabendo inclusive que a administração do clube adiantou as cotas dos direitos de TV até 2017. É brincadeira? Ou seja, tudo indica que a situação financeira corintiana é catastrófica.

Prova disso é que além de não trazer ninguém de peso para esta temporada, o presidente Mário Gobbi tem tido uma dificuldade tremenda para acertar com reforços medianos. É só pegar o lateral Uendel como exemplo. Os caras estão fatiando os direitos dele em vários parceiros para poder concretizar o negócio. O que com todo o respeito é ridículo, né? Para não por a culpa total no atual mandatário, gostaria de saber quem fez esse empréstimo tão longo? Foi na administração do Gobbi ou ainda na do antecessor Andrés Sanchez? Quem fez isso?

Porque acabou o bom trabalho de antes? Afinal o Timão trouxe caras até então desconhecidos como Elias, Jucilei, Ralf, Jorge Henrique, André Santos, Cristian, Paulinho, entre outros e valorizou todo mundo. Soube garimpar e projetar. Porque isso não existe mais? É outra pergunta que faço. Desse jeito esse ano vai ser ainda mais crítico que 2013. E estamos falando de um time que foi campeão do mundo outro dia. Quem diria, hein?

Fonte: Blog do Neto - UOL

Veja Mais:

  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade assumiu presidência do Corinthians em fev/2015 e segue até fev/2018

    Conselheiros barram votação do impeachment, e Roberto de Andrade segue presidente do Timão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes