Pato frustra expectativa no Timão e tem preparação morna para 2014

Pato frustra expectativa no Timão e tem preparação morna para 2014

Pato começa 2014 entre os reservas

Pato começa 2014 entre os reservas

A chegada de Mano Menezes ao Corinthians aumentou as expectativas principalmente em relação a um jogador: o atacante Alexandre Pato. Criticado pelo baixo rendimento em 2013, o camisa 7 viu na troca de técnico a chance para dar a volta por cima no clube. Reserva nos dois primeiros testes do Timão neste ano, o jogador não teve qualquer destaque e acabou ofuscado até mesmo pelo meio-campista Rodriguinho, que chegou em outubro e disputou apenas sete partidas.
Ciente da relação conturbada da torcida com Pato, a diretoria admitiu negociá-lo caso recebesse uma proposta interessante. A ideia era que o clube não tivesse prejuízo após investir R$ 40 milhões na contratação do atacante. Porém, os valores oferecidos nas escassas sondagens pelo jogador não agradaram, e a esperança da cúpula era de que o atleta fosse mais usado em 2014 para provar que a contratação não havia sido um equívoco.
Até aqui, Mano Menezes fez dois testes na equipe diante da imprensa. Primeiro, um coletivo de titulares contra reservas, na terça. Um dia depois, jogo-treino contra o RB Brasil. Pato foi testado aberto pela ponta esquerda e mais avançado, como centroavante, mas não rendeu em nenhuma das posições. Apenas se movimentou de um lado para o outro, sem sucesso nas finalizações.
O atacante recebeu atenção especial do novo técnico no primeiro trabalho com bola do Corinthians na temporada, há uma semana. Na oportunidade, todos os atletas deixaram o campo ao fim da atividade, à exceção de Pato. O jogador mais valioso do elenco alvinegro disputou 58 jogos e terminou como vice-artilheiro da equipe no ano passado, com 17 gols.
A primeira meta de Alexandre Pato no Corinthians foi cumprida. Fisicamente recuperado, o atacante atravessou a última temporada inteira sem uma única lesão. Em busca de ritmo de jogo, o atleta agora mira uma sequência de partidas. A tendência é que Mano Menezes utilize os primeiros jogos do Paulistão - que tem 15 jogos para cada equipe na primeira fase - para moldar a escalação. Oportunidade não deve faltar.

Fonte: Globoesporte

Veja Mais:

  • Recuperado de lesão, Balbuena volta a compor zaga com Pablo; dupla terá de parar melhor ataque do Paulista

    Defesa x ataque: Corinthians e São Paulo buscam vitória e equilíbrio em clássico no Morumbi

    ver detalhes
  • Auricchio (à dir.) passou a integrar diretoria da base do Corinthians

    Corinthians nomeia ex-diretor de futebol para cargo na base

    ver detalhes
  • Após 1 a 1 na Arena, Timão volta a campo contra São Paulo na tarde deste domingo

    Rival tropeça, e Corinthians pode diminuir distância para primeira colocação geral

    ver detalhes
  • Carille não confirmou a equipe titular que enfrenta o São Paulo

    Rodriguinho não treina e Balbuena volta: veja provável escalação do Corinthians para o Majestoso

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes