Corinthians acerta pendências e patrocínio com a Caixa é renovado

Corinthians acerta pendências e patrocínio com a Caixa é renovado

SÃO PAULO - O Corinthians resolveu as pendências que faltavam para receber duas parcelas de 2013 do patrocínio master com a Caixa Econômica Federal e encaminhou a assinatura do contrato de 2014. A renovação será selada em reunião quinta-feira.

Evelson de Freitas/Estadão
Alexandre Pato tem R$ 2 milhões a receber do Corinthians - agora, dívida deve ser paga
O clube não tinha podido receber R$ 5 milhões (as cotas de novembro e dezembro) porque seu nome constava no Cadin (Cadastro de Devedores). Como o novo contrato ainda não foi assinado, a parcela de janeiro também não foi paga.

"Não devíamos nada. Tínhamos a Certidão Negativa, mas por um erro de sistema constávamos no Cadin. A liberação saiu na sexta-feira. Ontem já enviamos todos os documentos para a Caixa", disse o diretor financeiro Raul Corrêa e Silva.

Na prática, o Corinthians ficou três meses sem receber pelo patrocínio de camisa, algo que comprometeu as finanças do clube e o fluxo de caixa. Houve atrasos, por exemplo, no pagamento em duas parcelas da compra de Rodriguinho, que pertencia ao América-MG – o débito é de R$ 2 milhões, referente novembro e novembro.

O valor do contrato com a Caixa é de R$ 30 milhões por ano. Para 2014 ele foi corrigido pela inflação e deve atingir, segundo o clube, algo em torno de R$ 32 milhões. O dinheiro é repassado em 12 parcelas.

A cada seis meses o Corinthians precisa apresentar Certidão Negativa de Débito para comprovar que não possui dívidas fiscais municipais, estaduais ou federais referentes.

Por não ter conseguido renovar a Certidão Negativa, não recebeu o dinheiro dos meses de novembro e dezembro (a Caixa depositou em juízo, e o clube não pôde receber). Ainda nesta semana o clube espera ter acesso aos R$ 5 milhões referentes ao patrocínio do ano passado. O clube afirma que já conseguiu a documentação necessária.

Pouca coisa mudou no contrato para este ano. Além da correção do valor de acordo com a inflação, a Caixa fez algumas exigências. Uma delas foi solicitar ao clube que uma agência do Bradesco que funciona no Parque São Jorge fosse desativada. O Corinthians aceitou. São esses detalhes que serão definidos na reunião de quinta-feira. A renovação já está definida.

O pagamento do patrocínio alivia as contas do clube e dá fôlego para o pagamento de dívidas. A prioridade, segundo dirigentes, é pagar o América-MG pela contratação de Rodriguinho. Depois o clube vai acertar os valores de direitos de imagem com alguns jogadores. O atacante Alexandre Pato tem a receber R$ 2 milhões.

Fonte: Estadão

Veja Mais:

  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes
  • Gaviões da Fiel se unirá as outras torcidas organizadas paulitas neste domingo

    Organizadas rivais de São Paulo se unem em evento no Pacaembu em homenagem à Chape

    ver detalhes
  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes