Craques do Interior dominam a Seleção do Paulistão da 2ª rodada

Craques do Interior dominam a Seleção do Paulistão da 2ª rodada

Craques do Interior dominam a Seleção do Paulistão da 2ª rodada

Craques do Interior dominam a Seleção do Paulistão da 2ª rodada

A segunda rodada do Campeonato Paulista Chevrolet foi quase perfeita para os quatro grandes. O São Paulo se reabilitou da derrota na estreia com goleada, enquanto Corinthians e Palmeiras mantiveram os 100% de aproveitamento. Só o Santos que tropeçou diante do Audax. Além disso, São Bernardo e Bragantino continuam surpreendendo com 100% de aproveitamento em dois jogos.


Apesar do bom desempenho dos grandes, quem domina a Seleção do Portal Futebol Interior é o Interior, que emplacou sete jogadores entre os melhores da segunda rodada. Gledson (Portuguesa), Marcelo Oliveira (Palmeiras), Guerrero (Corinthians) e Osvaldo (São Paulo) representam a Capital.

Confira a Seleção Futebol interior da 2ª rodada:

Gledson (Portuguesa);

Robertinho (Bragantino), Tobi (Linense), Marcos Vinícius (Rio Claro) e Eduardo (São Bernardo);

João Denoni (Oeste), Marcelo Oliveira (Palmeiras), Mike (Botafogo) e Tche Tchê (Audax);

Osvaldo (São Paulo) e Guerrero (Corinthians).

Técnico - Edson Boaro

Goleiro: Gledson (Portuguesa)
A Portuguesa precisar agradecer, e MUITO, Gledson por ter somado o primeiro ponto no Paulistão. O time foi apático e totalmente dominado pelo Ituano, que criou pelo menos quatro grandes chances de gol. No entanto, o camisa 1 da Lusa estava em uma tarde inspirada, além de ter contado com a sorte, quando Anderson Salles acertou uma bola no travessão.

Lateral-direito: Robertinho (Bragantino)
Taticamente perfeito, seguindo à risca as orientações do técnico Marcelo Veiga. Além de ajudar na cobertura, também tem bom passe o que ajuda o domínio da bola. E aparece como elemento surpreso no ataque, tanto que abriu o caminho da vitória diante do Penapolense, por 2 a 0, num contra-ataque.

Zagueiro: Tobi (Linense)
Chegou para ser o xerife do Linense neste Campeonato Paulista e vem dando conta do recado. Contra o Rio Claro, principalmente no primeiro tempo, a zaga do CAL foi bastante exigida com as jogadas de Léo Costa, André Luiz e Thiago Cristian. No segundo tempo, o Elefante da Noroeste partiu com tudo para cima e deixou a zaga aberta, mas Tobi e Alex Moraes, além do goleiro Anderson, deram conta do recado.

Zagueiro: Marcos Vinícius (Rio Claro)
O Linense pressionou durante quase todos os 45 minutos iniciais, mas a zaga do Rio Claro soube se comportar muito bem e ganhou a maioria dos lances por baixo. Tanto que os laterais do adversário passaram a apostar nos cruzamentos e foi justamente aí que foram criados os principais lances de perigo.

Lateral-esquerdo: Eduardo (São Bernardo)
É bastante rodado, tem passagem pelo Palmeiras, mas chegou para ficar no lado esquerdo do São Bernardo. Domina o setor como poucos no Estado de São Paulo, tanto no ataque quanto na defesa. Contra o XV de Piracicaba, fez uma partida segura, praticamente não cedendo espaços, e aparecendo como bom desafogo.

Volante: João Denoni (Oeste)
Surgiu como uma grande promessa no Palmeiras, mas não teve muitas oportunidades no time principal, diferentemente do Oeste, onde é titular absoluto. No duelo contra o Atlético Sorocaba, apareceu bem para auxiliar Fernandinho na armação. Foi premiado com um gol

Volante: Marcelo Oliveira (Palmeiras)
Coringa do Palmeiras, Marcelo Oliveira vai provando que realmente merecia ter o seu contrato renovado. Na partida desta quinta-feira, em que o Palmeiras venceu o Comercial por 2 a 0, o volante foi muito bem na marcação e não deixou os meias do leão armarem as jogadas de ataque.

Meia - Mike (Botafogo)
Embora o garoto de 20 anos do Inter tenha chegado como atacante, atuou como um meia diante da Macaca. Mesmo ainda inexperiente, ele foi mais produtivo que os rodados Wellington Bruno e Leandro, ex-Corinthians e São Paulo. Mike mostrou oportunismo no gol botafoguense e mostrou excelente chegada por trás. Deve ser uma boa arma do Tricolor.

Meia: Tchê Tchê (Osasco Audax)
Mostrou muita habilidade e visão de jogo. Participou de muitas jogadas de ataque, onde colocou várias vezes os atacantes do time de Osasco na cara do gol do Santos.

Atacante - Guerrero (Corinthians)
A diretoria do Corinthians pode dar todo o 'bicho' da vitória sobre o Paulista para o atacante Guerrero. O Timão, mais uma vez, teve uma atuação muito aquém do esperado e até poderia ter saído de campo com um empate. Para sorte de Mano Menezes, o peruano mostrou oportunismo e garantiu os três pontos.

Atacante ?' Osvaldo (São Paulo)
Logo no primeiro minuto da etapa final, Osvaldo finalmente fez as pazes com o gol. Onze meses ?' 45 jogos - sem marcar, o atacante do São Paulo se redimiu e abriu o marcador no Morumbi. Na comemoração ele beijou a bola e colocou a pelota embaixo da camisa.

Técnico: Edson Boaro (São Bernardo)
Conhece o elenco na palma da mão, pois está no comando do time há quase um ano. Vem colhendo os frutos do bom trabalho neste início do paulista, conquistando duas vitórias em dois jogos. Se mantiver o bom ritmo, vai levar o Bernô a uma classificação histórica às quartas-de-finais.

Méritos também para Marcelo Veiga, do Bragantino, e Gilson Kleina, do Palmeiras, com 100% de aproveitamento.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes