MP do Rio de Janeiro também abrirá investigação contra a CBF e o STJD

MP do Rio de Janeiro também abrirá investigação contra a CBF e o STJD

Portuguesa foi o time mais prejudicado

Portuguesa foi o time mais prejudicado

Foto: Reginaldo Castro

Após ações de flamenguistas, MP do Rio de Janeiro investigará CBF e STJD

O MP-RJ (Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro) instaurou inquérito na última quinta-feira para investigar as condutas da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) e do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) no episódio que culminou com perda de quatro pontos do Flamengo no jogo contra o Cruzeiro, válido pela última rodada do Campeonato Brasileiro de 2013.

A investigação, a ser conduzida pela 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Defesa do Consumidor e do Contribuinte da Capital, será realizada a partir de duas representações protocoladas por cinco torcedores da equipe rubro-negra.

Segundo documentos, o clube carioca não cometeu qualquer irregularidade ao escalar o lateral esquerdo André Santos para atuar na partida. Isso porque a decisão que suspendeu o jogador só foi publicada no dia 9 de dezembro (segunda-feira), data posterior ao jogo, realizado em 7 de dezembro (sábado), o que contraria o Estatuto do Torcedor.

Ainda de acordo com as representações, a suspensão somente deveria ser cumprida em partida subsequente da mesma competição (Copa do Brasil) e não em outra, caso do Campeonato Brasileiro.

Além disso, os torcedores argumentam que o BID (Boletim Informativo Diário), publicado pela CBF em seu site oficial, atestava que o jogador já havia cumprido suspensão automática.

'É evidente que a informação oficial da CBF contida em seu site oficial é válida para ciência das decisões. Em sendo assim, não havendo nenhum apontamento contrário à escalação do atleta, não poderia o Flamengo ser penalizado, como foi, pelo STJD, sob pena de violação do princípio da boa-fé objetiva, contido no artigo 4º, III do Código do Consumidor e também no artigo 422 do Código Civil brasileiro', diz trecho de uma das representações.

Em São Paulo, o MP também tem investigação encaminhada sobre o 'tapetão' que deixou o Brasileirão 2013 sem resultado final. O órgão vai propor um acordo para que a CBF devolva os pontos retirados pelo STJD de Portuguesa e Flamengo. Se a CBF não concordar, o MP vai prosseguir e discutir judicialmente, em uma Ação Cívil Pública.

Fonte: ESPN Brasil

Veja Mais:

  • Guilherme Arana disputará Sul-Americano no Equador

    Corinthianos são convocados para Sul-Americano Sub-20; Jabá fica fora

    ver detalhes
  • Moisés, de 21 anos, foi um dos destaques do Bahia em 2016

    Destaque do Bahia, lateral faz parte dos planos do Corinthians para 2017

    ver detalhes
  • Internacional foi alvo de gafe da Fifa

    Fifa comete gafe, troca escudo do Internacional e põe foto do Corinthians no lugar

    ver detalhes
  • Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    [Teleco] Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes