Seguranças do Timão também precisam de preparo

Seguranças do Timão também precisam de preparo

Na ano passado, Alexandre Pato fez 17 gols, um a menos do que Guerrero

Na ano passado, Alexandre Pato fez 17 gols, um a menos do que Guerrero

Foto: D.A.Jr./Agência Corinthians

POR: Luciano Trindade/ Jorge Nicola 

'Não sei o que teria acontecido se os seguranças não estivessem atentos. Os caras queriam pegar o Pato de qualquer jeito.' O relato de um funcionário do Corinthians presente nesta quarta à noite na Vila Belmiro mostra o risco que o atacante correu depois da goleada sofrida pelo Timão contra o Santos, pelo Campeonato Paulista.

Um grupo de 30 torcedores tentou invadir o vestiário do estádio reservado à equipe visitante, por uma rua lateral. O objetivo era agredir Pato, que havia entrado em campo nos minutos finais do clássico.

Houve confusão. Seguranças do Corinthians impediram, com os punhos, que os vândalos passassem pelo cordão de isolamento feito para proteger o ônibus da equipe. A situação só não ficou pior porque a PM, ciente dos ânimos acirrados, 'segurou' a maioria dos torcedores do Timão dentro da Vila. Centenas de torcedores só foram autorizados a sair do estádio quando o elenco alvinegro iniciou a viagem de volta à capital.

Após serem controlados pelos seguranças, os corintianos violentos prometeram 'acertar contas' com Pato. Também lançaram ameaças contra Emerson, ainda cobrado por conta do polêmico selinho em um amigo. O presidente Mario Gobbi, que já havia deixado a Vila, e o técnico Mano Menezes foram igualmente xingados.

No vestiário, alguns jogadores se apavoraram com o que ouviram dos seguranças. Houve quem temesse por uma emboscada na chegada a São Paulo, durante a madrugada. 

Segurança reforçada/ O agente de Pato, Gilmar Veloz, não foi encontrado para comentar as ameaças feitas ao atacante, que virou o vilão de nove em cada dez corintianos após o pênalti perdido contra o Grêmio, pela Copa do Brasil.

O certo é que a vigilância no CT do Parque Ecológico foi reforçada durante o treino de ontem à tarde. Preocupada com a possibilidade de novos protestos, a diretoria aumentou o efetivo de seguranças, que permaneceram posicionados em locais estratégicos, a fim de impedir uma eventual invasão.

Monaco pensa em Pato para o lugar de Falcao García

Em baixa no Corinthians, Alexandre Pato pode ser o substituto do artilheiro Falcao García no Monaco-FRA. Ao menos é o que informa o site francês Footmercato, especializado em rumores sobre negociação de atletas. 

De acordo com a publicação,  Pato é o plano B do clube francês, que busca um atacante capaz de suprir a ausência do colombiano, operado após romper o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo.  O nome favorito da diretoria é o argentino Mauro Icardi, da Inter de Milão-ITA.

Recentemente, o Corinthians recusou uma oferta de empréstimo enviada pela Juventus-ITA. Arsenal-ING e Tottenham-ING também sondaram o jogador, que tem passaporte italiano, mas não formalizaram proposta. A janela de transferência para o futebol europeu se fecha hoje.

Na mira da impaciente Fiel

Edilson

O Capetinha quase foi agredido depois que o Corinthians foi eliminado na Libertadores de 2000. Por causa desse episódio, deixou o clube, dias depois.

Gilmar Fubá

O volante foi outro alvo da torcida, após a eliminação na Libertadores de 2000. Ele, porém, teria sacado um revólver na tentativa de se defender.

Tevez

O atacante teve o carro chutado depois de fazer um gol e mandar a torcida do Timão calar a boca. Dias depois, saiu do Corinthians, na temporada de 2006.

Roberto Carlos

Disse ter recebido algumas ameaças em 2010, por não ter jogado contra o Tolima, no jogo de volta, quando o time foi eliminado na pré-Libertadores. Foi embora.

Fonte: Diário de São Paulo

Veja Mais:

  • Romero será um dos titulares na última partida do ano

    Libertadores, vingança e tributo: Corinthians encara Cruzeiro neste domingo

    ver detalhes
  • Patch de homenagem a Chapecoense na camisa do Corinthians

    Veja imagens da camisa do Corinthians com o patch da homenagem a Chapecoense

    ver detalhes
  • Marinho vem sendo pedido por torcedores do Corinthians para 2017

    Pedido pela torcida do Corinthians, Marinho admite deixar Vitória em 2017

    ver detalhes
  • Simi passou sete anos no Corinthians

    Simi reclama de saída do Corinthians e projeta 'final às avessas' da LNF no Parque São Jorge

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes