Gerente vê Dérbi como chance para o Timão apagar goleada em Santos

Gerente vê Dérbi como chance para o Timão apagar goleada em Santos

1.8 mil visualizações 33 comentários Comunicar erro

Goleado por 5 a 1 pelo Santos na última quarta-feira, o Corinthians não terá muito tempo até o próximo clássico pelo Campeonato Paulista. No dia 16 de fevereiro, o Timão recebe o Palmeiras no Pacaembu, pela oitava rodada do estadual. O gerente de futebol Edu Gaspar acredita que será uma boa oportunidade para os jogadores apagarem da memória da torcida a péssima imagem deixada após a atuação na Vila Belmiro.
– Essa é a hora para jogos importantes, de reverter a imagem. Quanto antes puder disputar uma partida dessa importância, melhor – resumiu.
A derrota humilhante no primeiro clássico de 2014 foi definida como uma “surpresa desagradável” pelo dirigente. Apesar do tropeço, os responsáveis pelo futebol do Timão não acreditam que mudanças no elenco sejam necessárias. Com apenas dois reforços (os laterais Fagner e Uendel), a cúpula confia que o técnico Mano Menezes será capaz de fazer a equipe reagir e brigar por títulos.
– Acreditamos no elenco que temos. O Mano acredita. Continuamos com essa ideia, independentemente do péssimo resultado. Estamos esperançosos de que o grupo possa dar uma resposta positiva em um prazo curto. Não teremos mudanças drásticas – explicou.
Antes de enfrentar o arquirrival Palmeiras, o Corinthians ainda tem três jogos pelo Paulistão. No próximo domingo, vai a Campinas enfrentar a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli. Na quarta seguinte, dia 5, recebe o Bragantino, no Pacaembu. Por fim, no dia 9, o Timão enfrenta o Mogi, fora de casa, e tem uma semana de preparação até o Dérbi.

Fonte: Globo Esporte

Veja Mais:

  • Inicialmente exposta no Memorial, a estátua de Sócrates está na Arena Corinthians

    Conheça o escultor Laércio Alves, que homenageou Sócrates em estátua exposta na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade, atual e ex-presidentes do Corinthians

    Corinthians registra déficit de R$ 35 milhões em 2017; veja números do balanço financeiro

    ver detalhes
  • Renovação, declaração do Balbuena e a posição do Meu Timão

    [Danilo Augusto] Renovação, declaração do Balbuena e a posição do Meu Timão

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez, Roberto de Andrade e Gobbi, últimos presidentes do Corinthians

    Diretor financeiro do Corinthians analisa detalhes do balanço de 2017; leia a entrevista

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes