Guerrero foi esganado em invasão ao CT

Guerrero foi esganado em invasão ao CT

Guerrero foi agredido pelos vândalos e não queria entrar em campo

Guerrero foi agredido pelos vândalos e não queria entrar em campo

Foto: Divulgação

O presidente do Corinthians, Mario Gobbi, não costuma bater de frente com sua torcida. Dedicou o título do último Paulistão aos 12 torcedores então presos em Oruro, discutiu com jornalistas que criticaram a Fiel e até cantou junto com as organizadas na festa de aniversário do clube. Neste domingo, a história mudou.

Revoltado com a invasão ao CT alvinegro, no sábado, 01, o mandatário revelou que Guerrero foi agredido pelos vândalos e não queria entrar em campo neste domingo.

'Os jogadores não tinham a menor condição emocional de entrar em campo. O principal deles era o Paolo (Guerrero), que foi esganado no seu pescoço. Estou me sentindo um lixo', disse, em entrevista à Rádio Bandeirantes.

Gobbi promete ainda juntar provas da invasão e tomar medidas mais drásticas.

'Vamos pegar as gravações, filmes, fotos e amanhã (segunda-feira) vamos à policia pedir a abertura de um inquérito. E, se alguém de Oruro esteve aqui no CT, vai responder por seu ato', completou o presidente.

Convencidos/ Segundo nota divulgada pelo próprio Corinthians, o clube foi convencido pela TV Globo e a Federação Paulista de Futebol a entrar em campo neste domingo. 

Quem mais precisou de tempo para aceitar a decisão foi Guerrero. Único agredido, o peruano queria ir embora da concentração na hora. Só depois de muita conversa e inúmeros pedidos, decidiu ficar. Até quando, ninguém sabe.

Fonte: Diário de São Paulo

Veja Mais:

  • Fiel promete lotar Arena para empurrar Corinthians rumo ao título paulista

    Corinthians inicia venda de ingressos para final e dá orientação a inadimplentes

    ver detalhes
  • Para Roberto, Arena Corinthians é 'dez vezes melhor' que o Morumbi

    Roberto de Andrade ironiza possibilidade do Morumbi sediar finais do Paulista

    ver detalhes
  • Jogadores comemoram vaga na final do Paulista após eliminar o São Paulo na Arena

    FPF confirma datas, horários e locais das finais do Paulistão 2017

    ver detalhes
  • Raphael Claus tem um retrospecto polêmico em jogos do Timão

    Pivô de polêmicas, árbitro é escalado para jogo de ida da final entre Corinthians e Ponte Preta

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes