Ralf diz que torcida do Timão já teve paciência demais: 'Precisamos deles'

Ralf diz que torcida do Timão já teve paciência demais: 'Precisamos deles'

2.6 mil visualizações 64 comentários Comunicar erro

O volante Ralf foi um dos poucos poupados pela torcida do Corinthians nos protestos recentes. No último sábado, durante a invasão ao CT Joaquim Grava, os torcedores organizados pediam o contato com qualquer atleta do elenco, menos com o camisa 5, que, segundo eles, não merecia cobrança. Questionado sobre a postura da Fiel na derrota por 2 a 0 para o Bragantino - em um episódio que envolveu confusão e briga com a Polícia Militar - Ralf foi claro: tudo isso só acontece porque, em campo, o Timão não está rendendo.

- Para eles não brigarem, temos que dar o respaldo. Se conseguíssemos a vitória, não teria nada disso. Quando a vitória não vem, é fácil achar culpado, colocar na conta de torcedor e jogador. Sabemos que só vamos sair dessa situação trabalhando - argumentou.

- Não podemos nos voltar contra a torcida. Precisamos deles, da união deles, para nos ajudar e incentivar como sempre foi feito. Se eles não estiverem juntos, vamos ter que nos unir e nos fechar cada vez mais no elenco para conseguir sair dessa situação. Pedimos paciência, mas sabemos que eles já estão tendo demais. É a quarta derrota consecutiva. Um time do porte e da grandeza do Corinthians não pode perder quatro vezes seguidas.

A saída de diversos jogadores do Corinthians em um curto espaço de tempo não assusta o volante. Ibson partiu para o Bologna, da Itália, enquanto Douglas foi para o Vasco e Alexandre Pato acertou com o São Paulo. Sondado pelo Napoli, Ralf assegurou que esse é o momento para se unir com o restante do elenco e encarar a situação ruim vivida pelo Timão, que não vence há quatro jogos no Paulistão.

- Não vou abandonar o barco agora. Estou junto com o elenco, sempre. Tivemos outras oportunidades mais difíceis e saímos dessa situação. Os outros jogadores têm de ver o que é melhor para eles. Claro que são ótimos profissionais, eu gostaria que ficassem, mas eles que decidem - disse.

O Corinthians volta a campo no próximo domingo, às 19h30, contra o Mogi Mirim, no estádio Romildo Ferreira. No momento, a equipe ocupa a quarta colocação do Grupo B, com seis pontos, atrás de Botafogo de Ribeirão Preto, Audax e XV de Piracicaba.

Fonte: e o time do povo e o Coringao

Veja Mais:

  • Carille é desejado por times árabes e pode não permanecer no Corinthians

    Presidente de outro clube árabe fala em contratar Carille, do Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians de Ángel Romero entra em campo nesta quinta pela Libertadores

    O que está em jogo para o Corinthians na última rodada da fase de grupos da Libertadores

    ver detalhes
  • Lucca está liberado para atuar contra o Corinthians no domingo

    Sem cláusula impeditiva, Lucca está liberado para enfrentar o Corinthians no Beira-Rio

    ver detalhes
  • Assessoria do treinador divulgou nota oficial na manhã desta terça-feira

    Em nota oficial, Carille admite generalização e se desculpa com imprensa por desabafo em coletiva

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes