Arena Corinthians já recebe assentos das arquibancadas móveis

Arena Corinthians já recebe assentos das arquibancadas móveis

Estrutura dos assentos provisórios construída no setor sul da Arena Corinthians

Estrutura dos assentos provisórios construída no setor sul da Arena Corinthians

Foto: Reprodução/SonhosSCCP/Facebook

Apesar do atraso nas obras, em razão do acidente em novembro que provocou a morte de dois operários, a Arena Corinthians já começou a receber a instalação dos assentos nas arquibancadas móveis. Ao todo, serão 20 mil cadeiras temporárias no estádio do Corinthians, colocadas exclusivamente para a Copa do Mundo, para que o local tenha a capacidade de 60 mil lugares e possa ser palco do jogo de abertura.


Com investimento de R$ 38 milhões, patrocinados pela Ambev, serão instaladas 17,6 mil cadeiras temporárias atrás dos gols, nos setores norte e sul da Arena Corinthians - 8,8 mil em cada. Também haverá 1,2 mil na área leste e outras mil na oeste. E o trabalho tem sido feito para criar uniformidade com o restante do estádio, para que o torcedor nem perceba a diferença das estruturas fixas.

'O que posso dizer é que não se trata apenas de uma arquibancada, mas de um projeto de engenharia, como se fosse uma construção definitiva', explicou Antônio Domingos Fasolari, presidente da Fast Engenharia, responsável pela montagem e desmontagem das arquibancadas móveis da Arena Corinthians - é a mesma empresa que fez serviço similar na Fonte Nova, em Salvador, inaugurada no ano passado.

A instalação dos assentos temporários começou pelo setor sul da Arena Corinthians, atualmente com 90 operários envolvidos na operação. E o cronograma de entrega das arquibancadas móveis é o mesmo do restante do estádio, com previsão de finalização em abril, quando a nova arena corintiana deve ser inaugurada - houve um atraso de três meses na conclusão das obras por causa do acidente.

'Estamos acompanhando o cronograma da construtora (Odebrecht, que é responsável pela construção da Arena Corinthians). Também tivemos que paralisar parte dos trabalhos (por conta do acidente ocorrido em novembro) e ainda estamos trabalhando com certa dificuldade em algumas áreas', contou Fasolari, que irá recolher os assentos temporários depois da realização da Copa do Mundo.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Artilheiro do Brasileirão, Jô pode levar novo gancho do STJD

    Jô e Clayson, do Corinthians, voltam a ser julgados no STJD

    ver detalhes
  • Antonio Roque Citadini é candidato da oposição à presidência do Timão

    Em defesa à Arena, Citadini lembra crime fiscal de Andrés: 'Arrebentou com as finanças'

    ver detalhes
  • Pablo foi campeão paulista e brasileiro pelo Corinthians em 2017

    Corinthians volta a negociar com Pablo e pode contratá-lo para 2018, diz portal

    ver detalhes
  • Vasconcelos deve ter contrato estendido com o Timão até o fim de 2019

    Corinthians prepara extensão de contrato a artilheiro da Copinha

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes