Para dirigentes, estilo de vida refinado isolou Pato no Corinthians

Para dirigentes, estilo de vida refinado isolou Pato no Corinthians

5.8 mil visualizações 82 comentários Comunicar erro

Pato não deu certo no Corinthians porque tem um requintado estilo de vida, com gostos bem diferentes dos demais jogadores do time. Essa é uma das explicações de diretores do clube para justificar o fracasso do atacante no Parque São Jorge.

A tese é de que Pato frequentava as altas rodas de Milão mais do que qualquer outro jogador brasileiro em países europeus. E desde muito cedo. Assim, cultivou hábitos não compartilhados pela maioria de seus colegas brasileiros.

Dirigentes do clube avaliam que o fato de pensar e agir de maneira distinta criou barreiras entre o atacante e seus companheiros. O relacionamento ficou prejudicado e acabou interferindo no rendimento do atleta, na opinião de parte da cartolagem. O ex-milanista não teria sido bem digerido pelo grupo, ficando isolado.

Mas parte dos diretores tem uma explicação que combina com o que boa parcela da torcida alvinegra pensa: Pato não entendeu o que é o Corinthians. E sem compreender o clube não modificou seu jeito frio de jogar, não mostrou a raça tão desejada pelos torcedores.

Seja pela primeira tese ou pela segunda, o clube avaliou que seria impossível o atacante voltar a atuar em alto nível no Corinthians. Por mais que doa, preferiram ver Pato tentar se reerguer no rival São Paulo e ainda pagarem parte dos salários.

Fonte: Blog do Perrone

Veja Mais:

  • Inicialmente exposta no Memorial, a estátua de Sócrates está na Arena Corinthians

    Conheça o escultor Laércio Alves, que homenageou Sócrates em estátua exposta na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade, atual e ex-presidentes do Corinthians

    Corinthians registra déficit de R$ 35 milhões em 2017; veja números do balanço financeiro

    ver detalhes
  • Renovação, declaração do Balbuena e a posição do Meu Timão

    [Danilo Augusto] Renovação, declaração do Balbuena e a posição do Meu Timão

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez, Roberto de Andrade e Gobbi, últimos presidentes do Corinthians

    Diretor financeiro do Corinthians analisa detalhes do balanço de 2017; leia a entrevista

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes