Timão treina com Felipe na vaga de Paulo André

Timão treina com Felipe na vaga de Paulo André

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

No treino desta quarta-feira, Mano Menezes testou o zagueiro Felipe - que marcou dois gols contra na derrota para o Bragantino, embora só primeiro tenha sido creditado ao jogador - para a vaga de Paulo André na formação que ele pretende escalar no clássico contra o Palmeiras, domingo, pelo Paulistão. O treinador montou um time com 14 titulares, mas só o meio-de-campo estava 'inchado'. A defesa permaneceu com quatro jogadores: Fagner, Gil, Felipe e Uendel.


Paulo André acertou nesta quarta-feira a sua transferência para o futebol chinês e deixou o Corinthians após cinco anos. A escalação de Felipe no time que contava com os titulares chamou atenção devido à péssima atuação do zagueiro na partida contra o Bragantino - ele marcou um gol contra e falhou no outro na derrota por 2 a 0. Cleber, que era considerado o favorito para ficar com a vaga, treinou com os reservas nesta quarta-feira.

A dupla de ataque foi formada por Guerrero e Romarinho - Emerson está suspenso e fica fora do clássico. No meio, além de Ralf e Guilherme, que são os volantes titulares, Mano escalou Bruno Henrique, Ramírez, Danilo, Renato Augusto e Jadson. Desses cinco, o técnico terá de sacar três atletas para montar o time que enfrentará o Palmeiras.

Nesta quinta-feira, Mano Menezes deve comandar um treino convencional, com 11 contra 11. Até lá, ele aguarda o aval da diretoria para saber se poderá ou não escalar o meia Jadson, que ainda aguarda pendências burocráticas para finalizar a troca envolvendo a ida do atacante Alexandre Pato para o São Paulo.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade assumiu presidência do Corinthians em fev/2015 e segue até fev/2018

    Conselheiros barram votação do impeachment, e Roberto de Andrade segue presidente do Timão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes