Após quase dois meses de atraso, América recebe dinheiro da venda de Rodriguinho

Após quase dois meses de atraso, América recebe dinheiro da venda de Rodriguinho

Armador Rodriguinho era pivô da dívida de R$ 2 milhões do Corinthians com América
Após quase dois meses de atraso, o América recebeu os R$ 2 milhões restantes da venda de 50% dos direitos econômicos do armador Rodriguinho ao Corinthians. O valor era correspondente aos meses de novembro e dezembro (ambos no dia 30). Nesta segunda-feira, a diretoria alviverde confirmou a informação à reportagem do Superesportes. “A dívida foi paga na última sexta-feira”, resumiu Marcus Salum, integrante do conselho gestor. O clube mineiro continua detentor de 10% do passe do atleta. Os 40% restantes pertencem ao Capivariano Futebol Clube, de São Paulo.

A “dor de cabeça” começou no início de outubro do ano passado, quando o América anunciou a venda de Rodriguinho ao Corinthians, por R$ 4 milhões. Conforme combinado em cláusulas contratuais, o clube paulista parcelaria o valor em quatro vezes. Contudo, em decorrência de problemas financeiros, o Timão não conseguiu honrar os compromissos e deixou o Coelho em situação difícil para arcar com os salários de elenco e funcionários.

Um dos integrantes do conselho de administração, o deputado estadual Alencar da Silveira Júnior chegou a fazer críticas públicas ao Corinthians por conta desse atraso e até ameaçou recorrer à CBF. As reclamações, no entanto, não foram adiante e a diretoria mineira permaneceu à espera de uma resposta concreta. Agora, com o dinheiro recebido, o Coelho deverá acertar algumas pendências geradas pelo próprio atraso dos paulistas.

Apesar do investimento considerável por um jogador que disputava a Série B, o Corinthians ainda não recebeu o retorno esperado de Rodriguinho dentro de campo. Contando o ano passado, o atleta já disputou 14 partidas, sem conseguir fazer gols e dar assistências. Recentemente, ele foi alvo de sondagens de Sport e Bahia, clubes que também disputarão a Série A de 2014, porém a diretoria paulistana rechaçou as transferências por empréstimo.

Mesmo com todos os patrocínios e altas cotas de transmissão de TV – os valores somados ultrapassam R$ 140 milhões -, o Corinthians atravessa dificuldade financeira no início de 2014. Além de ter demorado a pagar os R$ 2 milhões restantes ao América, o clube paulista solicitou um adiantamento financeiro à emissora que exibe as competições de futebol no país. A “bola de neve” ficou grande por conta do montante aplicado em contratações no ano passado – cerca de R$ 80 milhões.

Fonte: Superesportes

Veja Mais:

  • Carille comandou o treino do Corinthians deste sábado, no CT Joaquim Grava

    Pablo treina, e Carille define escalação do Corinthians contra o Atlético-GO

    ver detalhes
  • Clayson foi relacionado pela primeira vez no Corinthians

    Com estreia de Clayson e Pablo, Corinthians relaciona 22 contra Atlético-GO

    ver detalhes
  • Roberto (à esq.) está pessimista por negócio com Cicinho

    Roberto de Andrade esclarece especulações, vê Cicinho distante e abre o jogo sobre Nenê

    ver detalhes
  • Nenê foi oferecido nos últimos dias para a diretoria do Corinthians

    Nenê é oferecido ao Corinthians; até troca com dois jogadores alvinegros é sugerida

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes