Campeão mundial, Giovanni está fora dos planos

Campeão mundial, Giovanni está fora dos planos

Giovanni foi utilizado por Tite no segundo semestre de 2012

Giovanni foi utilizado por Tite no segundo semestre de 2012

Foto: Daniel Augusto/Ag. Corinthians

Jogador de futebol, de modo geral, ganha aumento quando consegue uma sequência de bons jogos, gols ou assistências. Mas o meia-atacante Giovanni, que fez parte do elenco campeão mundial no Japão, em 2012, é uma exceção à regra.

O jogador teve o salário praticamente dobrado em janeiro, apesar de estar completamente fora dos planos do Timão desde 2013. Mais: o garoto, de 19 anos, foi devolvido por Ponte Preta e Portuguesa antes mesmo do fim dos empréstimos.

Giovanni iniciou a temporada ganhando R$ 30 mil por mês. Na véspera de ser emprestado à Portuguesa, num negócio que também envolveu o zagueiro André Vinícius e o volante Gomes, o salário do meia passou para R$ 50 mil. O aumento foi dado poucos dias antes de Roberto de Andrade deixar a diretoria de futebol, ocupada atualmente por Ronaldo Ximenes.

Apesar do salário mais gordo, Giovanni foi tão mal na Portuguesa quanto na Ponte Preta. A ideia era que ele ficasse no Canindé até o final da temporada, mas o técnico Argel decidiu dispensá-lo no início deste mês.

'A alegação é de que tanto ele quanto o André Vinícius e o Gomes não são melhores do que os jogadores que temos aqui', explica o presidente da Portuguesa, Ilídio Lico.

Comparação / Com os R$ 50 mil mensais, Giovanni passou a ser dono de salário maior do que alguns jogadores com papel importante no Parque São Jorge, como Luciano.

O meia-atacante contratado do Avaí, que se tornou titular graças a um começo fulminante, fatura R$ 40 mil por mês. Luciano já soma quatro gols em apenas quatro partidas pelo novo clube -; foram 212 minutos em ação.

Passagens para lá de discretas

PONTE PRETA

O meia foi emprestado para o time de Campinas ao final do Campeonato Paulista do ano passado e só esteve em 12 partidas com a camisa da Ponte Preta -; quatro delas como titular e oito entrando no segundo tempo. Giovanni não marcou gols e encerrou sua passagem pelo Moisés Lucarelli com uma expulsão. Em oito rodadas, ficou no banco de reservas sem ser usado.

PORTUGUESA

Foi emprestado à Lusa por uma temporada, mas acabou dispensado com menos de dois meses de casa. Neste período, esteve em campo apenas quatro vezes, três delas como titular e uma na condição de reserva. Marcou o único gol da Portuguesa na derrota para o Botafogo, no Canindé. Depois da expulsão diante do Audax, em 2 de fevereiro, não foi mais relacionado.

ENTREVISTA COM EDU GASPAR, GERENTE DE FUTEBOL DO CORINTHIANS

DIÁRIO_ Como o Corinthians avalia as recentes passagens do Giovanni pela Ponte Preta e pela Portuguesa?

EDU GASPAR_ Nós emprestamos o Giovanni para que pudesse ganhar experiência. Na Ponte Preta, ele até teve boas oportunidades, mas surgiu a proposta da Portuguesa. Lá, também, ele começou bem, mas, quando o Guto (Ferreira, ex-técnico da Lusa) saiu, o novo treinador (Argel Fucks) deixou claro que não queria contar com ele. Então, o jogador retornou ao Corinthians para continuar trabalhando.

Mas não é estranho um atleta ser emprestado duas vezes em um curto período de tempo e voltar ao clube de origem?

Foi como eu falei: ele começou bem na Ponte Preta, depois perdeu espaço no time e aí surgiu a proposta da Portuguesa. Com a troca de comando, ele não seria aproveitado. Então voltou ao Corinthians. Ele é um atleta jovem, formado na nossa base, trabalhou com o Tite.

E qual o projeto do clube para a sequência da carreira dele? O Mano pretende utilizá-lo nesta temporada?

A gente não contava com o retorno dele agora. O Mano não o incluiu no planejamento, porque o retorno do Giovanni seria só daqui a um ano. Então, ele não conta com o atleta. Vamos esperar e ver se aparece algum clube para ele ser emprestado, seguir jogando e adquirir experiência. A partir do momento em que acharmos que o atleta está pronto, certamente vamos aproveitá-lo na equipe.

Fonte: Diário de São Paulo

Veja Mais:

  • Guilherme foi o destaque da atividade coletiva pelo segundo dia consecutivo

    Dupla volta, e Oswaldo vê time titular brilhar em treino do Corinthians; veja a escalação

    ver detalhes
  • Jabá sentiu dor na coxa e deixou o treino do Corinthians mais cedo

    Léo Jabá se machuca em treino do Corinthians e deixa campo com dores na coxa

    ver detalhes
  • CT Joaquim Grava ganhou novidades

    Corinthians 'aposenta' decoração do centenário e dá cara nova ao CT Joaquim Grava

    ver detalhes
  • Torcidas organizadas propõem pacto pela paz em São Paulo

    Torcidas organizadas propõem pacto pela paz em São Paulo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes