Campinas recebe 11ª edição da campanha Sangue Corinthiano

Campinas recebe 11ª edição da campanha Sangue Corinthiano

'Não importa se você é corintiano, santista, são-paulino, palmeirense, pontepretano, bugrino ou torce por qualquer outro clube. Aqui deixamos a rivalidade entre as quatro linhas do campo e salvamos vidas juntos!'.


É com essa mensagem que a 11ª edição da campanha Sangue Corinthiano chega à Campinas com o objetivo de aumentar o estoque de bolsas de sangue. A ação acontece no próximo sábado, 22, a partir das 7h30 no Hemocentro da UNICAMP.

Idealizada pela torcida corintiana, a campanha visa unir a paixão pelo futebol ao gesto de solidariedade com aqueles que mais precisam. Segundo o autor do projeto, Milton Oliveira, a força da torcida é o que movimenta a causa.

'Há cinco anos resolvemos encarar o desafio de aumentar o número de doadores voluntários no Brasil. Graças à força da torcida, essa luta já salvou mais de 100 mil vidas', revela.

Apesar da ligação com a equipe de Parque São Jorge, torcedores de outros times também podem aproveitar a oportunidade para fazer a doação. Para Rebecca Moreno, organizadora local do evento, a rivalidade permanece no futebol, mas todos jogam juntos no time da solidariedade.

'Apesar do nome, nossa campanha é pela vida. Sabemos que a cidade tem, em sua maioria, torcedores dos times locais, mas nós recebemos todos que queiram fazer a doação, inclusive com a camisa dos clubes para qual torcem', conta.

Além de contribuir com o estoque de bolsas de sangue, a organizadora acredita que o movimento promove a paz nos estádios.

'Queremos conscientizar sobre a importância de se doar sangue e assim, consequentemente, conseguimos ajudar a diminuir a violência no futebol, mostrando que a rivalidade entre os times deve permanecer somente nas quatro linhas do campo', declara.

Na última edição, cerca de 65 bolsas de sangue foram coletadas durante a campanha. Para o próximo sábado, a expectativa é que esse número dobre. Quem comparecer ao local vai participar de um sorteio de brindes, promovido pela organização do evento.

A campanha segue pelas redes sociais e a camiseta comemorativa está sendo vendida através do site da ONG Sobrevivência.

Quem pode doar?
Pessoas que tenham entre 16 e 67 anos com peso superior a 50 kg e que estejam em boas condições de saúde. É preciso levar documento original com foto e recomenda-se evitar o consumo de alimentos gordurosos nas quatro horas que antecedem à doação.

Em caso de ingestão de bebida alcoólica, realizar a doação após 12 horas. Gripes e resfriados impossibilitam temporariamente a coleta de sangue do doador, inclusive na semana seguinte, pós-recuperação. Outros impedimentos poderão ser identificados durante a entrevista de triagem, no dia da doação.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Gabriel não deixou barata a declaração de Felipe Melo

    Gabriel cita dois Mundiais e responde Felipe Mello: 'Todo mundo quer falar do Corinthians'

    ver detalhes
  • Membro da comissão de Carille se envolveu em confusão com técnico rival

    Briga no túnel do vestiário marca fim de jogo na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Maycon, de falta, marcou para o Corinthians contra o Red Bull Brasil

    Corinthians marca de falta, mas toma gol no finalzinho e fica no empate com Red Bull

    ver detalhes
  • Paulinho fez dois gols pela Seleção Brasileira contra o Uruguai

    Ex-Corinthians, Paulinho faz três, quebra recorde e comanda show da Seleção de Tite no Uruguai

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes