Arquibancadas provisórias podem ficar mais 18 meses na Arena Corinthians

Arquibancadas provisórias podem ficar mais 18 meses na Arena Corinthians

Por Meu Timão

Andrés diz que Corinthians terá provisórias por mais 18 meses

Andrés diz que Corinthians terá provisórias por mais 18 meses

Após apresentar o planejamento financeiro para o fim da obra da Arena Corinthians, o ex-presidente Andrés Sanchez, que encabeça os esforços da construção do estádio, deu mais detalhes sobre as arquibancadas exigidas pela FIFA.

As estruturas provisórias são necessárias para comportar a estrutura da Copa do Mundo, mas custarão cerca de R$60 milhões. O dinheiro, entretanto, não deve sair dos cofres do clube e sim do Fundo de Investimento que será patrocinado por parceiros comerciais do Corinthians e da Odebrecht.

O custo total da Arena, que circula em torno de R$1 bilhão, já com os juros do financiamento, deve ser pago pelo clube em até 12 anos - a expectativa, porém, é que em 7 anos o Corinthians esteja livre da dívida. Segundo o ex-dirigente, mantendo apenas 55% de ocupação do próprio estádio, o Corinthians garantiria o pagamento.

Para ajudar nesta tarefa, as arquibancadas provisórias construídas para a Copa do Mundo podem ficar mais 18 meses - os 20 mil lugares adicionais custariam aluguel ao clube, mas aumentaria a capacidade do estádio para 68 mil pessoas.

Sendo assim, os 55% de ocupação imaginados por Andrés equivaleriam à renda de quase 5 milhões de reais por partida. Além disso, o Corinthians ainda espera negociar o naming rights, publicidades, camarotes e espaços comerciais na nova Arena - esses valores ainda não foram contabilizados e podem acelerar ainda mais o fim da dívida.

Veja Mais:

  • Treino com torcida na Arena Corinthians não é novidade

    Organizadas pedem e último treino antes do Dérbi terá presença da torcida na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes