Grêmio sonda Rodriguinho, mas Corinthians prefere a troca com o Fluminense

Grêmio sonda Rodriguinho, mas Corinthians prefere a troca com o Fluminense

Por Meu Timão

Rodriguinho também está na mira do Grêmio

Rodriguinho também está na mira do Grêmio

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Não é só o Fluminense que tenta contar com Rodriguinho para o Brasileirão. Segundo o site Globo Esporte, o Grêmio sondou a contratação do meia do Corinthians neste final de semana. Entretanto, a diretoria corinthiana tem outra prioridade: usar o jogador como uma moeda de troca para conseguir o empréstimo de Rafael Sobis.

A intenção é fazer uma troca de empréstimos entre os clubes, sem nenhum time pagar nada ao outro. O Corinthians acredita no sucesso da negociação pelo fato que a Unimed quer se livrar do pagamento do salário do jogador (a empresa parceira do clube banca 90% dos vencimentos do Sobis).

Segundo o diretor de futebol, Ronaldo Ximenes, os diretores estão empenhados para fechar com o Sobis do mesmo jeito que estavam pra repatriar o Elias.

Na negociação, o Corinthians teria por definitivo o passe do Sobis (que tem contrato com o Fluminense até julho de 2015) enquanto Rodriguinho seria emprestado por 1 anos, com direito a prioridade de compra ao Fluminense já que o meia corinthiano tem contrato até dezembro de 2016.

Veja Mais:

  • Corinthians foi bicampeão mundial em 2012, diante do Chelsea, no Japão

    Grêmio cai, e Corinthians segue sendo último sul-americano campeão do Mundial da Fifa

    ver detalhes
  • Yago volta ao Corinthians na primeira semana de janeiro

    Após empréstimo, zagueiro é reintegrado ao Corinthians; Del'Amore no radar

    ver detalhes
  • Scarpa tem reunião marcada com empresários neste sábado

    Alvo do Corinthians, Scarpa agenda reunião com representantes para decidir futuro

    ver detalhes
  • Promoção da empresa Apito Promocional na camisa durante o Brasileirão 2012

    Corinthians mantém cobrança milionária contra ex-patrocinador; calote chega a cinco anos

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes