Saída de Sheik abre espaço para Malcom, que espera mais chances

Saída de Sheik abre espaço para Malcom, que espera mais chances

Malcom foi promovido ao time profissional depois de jogar muito na Copinha

Malcom foi promovido ao time profissional depois de jogar muito na Copinha

Aos poucos, Malcom quer ser lembrado pelo técnico Mano Menezes nas partidas do Campeonato Brasileiro. A saída de Emerson Sheik abriu espaço para o garoto de 17 anos, único reserva com características de velocidade e drible no ataque – tal qual o companheiro mais experiente, que vai defender o Botafogo até o fim do ano. Mais ambientado ao grupo, o garoto vê mais espaço para brilhar.

Mano tem conversado com Malcom e lhe passado confiança, até porque será utilizado com maior frequência durante a temporada. O outro reserva imediato do ataque, Guerrero, tem características bem diferentes: o peruano é jogador de área e finalizador. Por isso, quando o técnico quiser incendiar o jogo, terá em Malcom sua primeira opção.

Tranquilo, o jogador convive bem com a possibilidade de ganhar espaço. Nos últimos treinos coletivos, ele sempre teve um tempo com os titulares em situações específicas. No jogo-treino contra o Audax, segunda-feira, ganhou entrosamento com Romarinho ao entrar no segundo tempo. A ausência temporária de Luciano durante esta semana deve dar novo fôlego a Malcom – o titular fica até sexta-feira com a seleção brasileira sub-20, num período de treinamentos.

– Vou fazer meu trabalho, quem vai dar a chance é o Mano, mas agora espero ter mais chances para conseguir agarrar uma vaga no time – avisou o atacante.

Mesmo favorecido com a saída de Sheik, Malcom lamentou a perda. Afinal, o atacante servia de inspiração e lhe dava dicas para se sair melhor dentro de campo.

– Foi muito ruim perder o Sheik, ele me ajudava para caramba. É um cara muito “firmeza”, muito humilde. Gostei bastante de conversar com ele nas poucas chances que tive. Só posso desejar boa sorte – disse o garoto.

Malcom é parte da reformulação proposta pelo Corinthians desde a chegada de Mano. Ele só fez duas partidas oficiais com a camisa alvinegra, mas deve ver esse número aumentar nos próximos meses. A estreia no Brasileirão é neste domingo, contra o Atlético-MG, em Uberlândia.

Fonte: Globo Esporte

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes