Corinthians erra na defesa, finaliza mal no ataque e perde para o Goias

O torcedor fez sua parte e lotou o Pacaembu para prestigiar o retorno de Ronaldo. Mas a volta do Fenômeno e a empolgação na arquibancada não foi suficiente para impedir uma atuação desastrosa da...
Ronaldo mostrou estar fora de forma, mas não fez uma má atuação

Ronaldo mostrou estar fora de forma, mas não fez uma má atuação

O torcedor fez sua parte e lotou o Pacaembu para prestigiar o retorno de Ronaldo. Mas a volta do Fenômeno e a empolgação na arquibancada não foi suficiente para impedir uma atuação desastrosa da equipe alvinegra. Melhor para o Goiás, que conquistou a goleada por 4 a 1 com uma apresentação de gala e voltou a figurar no G-4 do Brasileiro.

O resultado acabou com uma invencibilidade de seis partidas do Corinthians na Série A e manteve a equipe com 37 pontos. O clube alvinegro até poderia encerrar a rodada a um passo da zona de classificação para a Libertadores, mas no fim caiu para a nona colocação.

O Goiás, por outro lado, acabou com o jejum de vitórias que já durava quase um mês. Bem postado em campo, o time foi superior ao longo de toda a partida e mereceu o placar que o deixou com 42 pontos, agora na quarta posição do campeonato.

Ainda sem contar com o meia Matías Defederico (não regularizado), Mano Menezes escalou o Corinthians com três volantes e deixou Elias encarregado da armação. A grande novidade, porém, foi o retorno de Ronaldo após 56 dias afastado devido a uma fratura na mão esquerda. No fim, o camisa 9 mostrou muita disposição, mas não impediu o resultado.

Quando a partida começou, os anfitriões tiveram dificuldades para manter o domínio da posse de bola. Enquanto isso, o Goiás apostou nas jogadas pelas laterais e foi assim que conseguiu sair na frente logo aos 7min, com gol de Iarley.

Com problemas na marcação, o Corinthians seguiu aberto aos avanços esmeraldinos, mas também passou a chegar com perigo no ataque. Até que aos 23min, o Goiás se aproveitou de nova falha na defesa alvinegra para ampliar com belo gol de Fernandão. Depois disso, o time da casa se limitou a chutes de fora da área e não mudou o jogo até o intervalo.

"Não acertamos nada. Falhamos muito e vimos o Goiás jogar bem. Isso tem que mudar", lamentou Alessandro. "Soubemos explorar os espaços, mas temos nossos méritos. Precisamos seguir assim, pois o placar é perigoso", alertou Fernandão.

No início da etapa final, o Corinthians deu sinais que mudaria sua postura em campo e levantou a torcida novamente. Entretanto, seguiu com a defesa aberta e viu Iarley fazer o terceiro gol em apenas cinco minutos.

Muito atrás no placar, restou ao Corinthians se lançar totalmente ao ataque. Contudo, o time alvinegro teve uma série de lances desperdiçados até os 28min, quando Dentinho descontou em lance sofrido. Quando a esperança estava renovada no Pacaembu, João Paulo fez o quarto do clube do Cerrado e selou a goleada.

Agora, as duas equipes voltam as atenções para a disputa da 26ª rodada do Campeonato Brasileiro no próximo domingo. O Corinthians retorna a campo no clássico diante do São Paulo, no Morumbi, enquanto o Goiás recebe o Grêmio no Serra Dourada.

Fonte: UOL

Corinthians erra na defesa, finaliza mal no ataque e perde para o Goias Corinthians erra na defesa, finaliza mal no ataque e perde para o Goias 0

Veja Mais:

  • Levir Culpi não reclamou da arbitragem nesse domingo, após ser beneficiado por um gol irregular

    Fluminense 'acusa o golpe' e publica nota oficial após levar cutucadas do Corinthians

    ver detalhes
  • Rodrigo treinou normalmente na manhã desta segunda-feira

    Recupado de lesão, joia da base treina pela primeira vez no CT

    ver detalhes
  • Mendoza marcou golaço nessa fim de semana nos Estados Unidos

    Na vaga de craque inglês, Mendoza marca golaço de fora da área; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Walter deve ser titular novamente nesta quarta-feira

    Sem Cássio e Uendel, Timão inicia preparação com dúvidas contra o Cruzeiro

    ver detalhes

A briga pelo título ficou dificil ou ainda dá tempo de recuperar?

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes