Deficiências apressam busca por reforços no Corinthians

Deficiências apressam busca por reforços no Corinthians

O atacante Luciano foi a última contratação para o ataque

O atacante Luciano foi a última contratação para o ataque

Um jogo e os conceitos mudaram no Corinthians. Romarinho e Luciano foram bem no Paulistão, mas bastou um jogo no Brasileirão para o clube notar que não dá apenas para se amparar nos jovens. A responsabilidade é maior na competição nacional e, por recomendação de Mano Menezes, o clube deve antecipar a chegada de jogadores mais experientes para o setor. Nada de esperar a pausa da Copa do Mundo.


Depois de frustração com o 'não' de Rafael Sobis, o clube admitia jogar as nove primeiras rodadas da Série A com o grupo atual. Contudo, a direção observou que, apesar de o time não ter perdido na estreia (0 a 0 com o Atlético-MG), a carência de jogadores mais calejados se fez necessário e agora é possível que os três nomes de peso que o clube anda à procura possam chegar de forma antecipada.

'Temos jogadores de qualidade no grupo, mas não se pode abrir mão de buscar qualificação sempre. Os jogadores precisam do apoio de mais alguns para termos um grupo qualificado. Com alguns jogadores que deem sustentação, na parte técnica e emocional, os outros vão crescer', observa o treinador.

O perfil traçado foi o de buscar jogadores acostumados a títulos. Mano está decepcionado com Renato Augusto, que novamente se machucou, ficou bastante irritado com Guilherme em Uberlândia e cobra sempre a chegada de dois atacantes para a equipe brigar entre os primeiros. 'Num campeonato longo como esse, temos de brigar pela vitória sempre.'

Domingo, o time recebe o Flamengo, em jogo que está sendo tratado com a despedida do Pacaembu. A casa deve estar cheia e o treinador sabe que vai ser preciso um melhor futebol para evitar entrar em rota de colisão com os torcedores. 'Temos de saber se impor jogando ao lado da nossa torcida.'

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes