Perfil do Nacional-AM critica delegação do Corinthians após vacinação

Perfil do Nacional-AM critica delegação do Corinthians após vacinação

Por Meu Timão

Post na página do Nacional-AM critica vacinação do elenco corintiano

Post na página do Nacional-AM critica vacinação do elenco corintiano

Em semana de confronto pela Copa do Brasil, a delegação do Corinthians que embarca para enfrentar o Nacional, em Manaus, recebeu a vacina contra a Febre Amarela. A notícia repercutiu e quem não gostou nada da situação foi o time amazonense, que criticou a atitude em sua página oficial no Facebook.

Acompanhado da notícia, o clube comentou através da postagem: "'Lembraram da vacina contra a ignorância e o preconceito? Esperamos que tenham lembrado, não queremos que o povo amazonense seja contaminado pela ignorância sulista.'"

As duras críticas, entretanto, podem ser consideradas apenas tentativa do time amazonense de aumentar o interesse e a polêmica extra campo da partida, uma vez que a vacinação é parte da recomendação oficial da ANVISA e do Ministério da Saúde.

Segundo o órgão federal, a vacinação é recomendada para todos que circularem pelos estados considerados zonas endêmicas da doença, que é transmitida por mosquito: Acre, Amapá, Amazonas,Distrito Federal, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins.

O jogo acontece nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil, na Arena Amazônia em Manaus.

Veja Mais:

  • Corinthians foi bicampeão mundial em 2012, diante do Chelsea, no Japão

    Grêmio cai, e Corinthians segue sendo último sul-americano campeão do Mundial da Fifa

    ver detalhes
  • Yago volta ao Corinthians na primeira semana de janeiro

    Após empréstimo, zagueiro é reintegrado ao Corinthians; Del'Amore no radar

    ver detalhes
  • Scarpa tem reunião marcada com empresários neste sábado

    Alvo do Corinthians, Scarpa agenda reunião com representantes para decidir futuro

    ver detalhes
  • Promoção da empresa Apito Promocional na camisa durante o Brasileirão 2012

    Corinthians mantém cobrança milionária contra ex-patrocinador; calote chega a cinco anos

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes