Elias fala sobre as criticas de Émerson a Mano Menezes: 'Acho que é uma opinião pessoal'

Elias fala sobre as criticas de Émerson a Mano Menezes: 'Acho que é uma opinião pessoal'

O meio-campo Elias, em entrevista nesta segunda-feira ao programa esportivo 'Arena Sportv', falou sobre as criticas que o atacante agora do Botafogo, Émerson, concedeu ao treinador do Corinthians, Mano Menezes, na última semana. Para ele, isto é uma opinião pessoal do 'Sheik', e que não muda sua opinião sobre o técnico.
"É difícil você julgar o caráter da pessoa em três ou quatro meses de conhecimento. Eu posso falar muito bem do Mano, acho que é uma pessoa fantástica, um ótimo profissional. Acho que é uma opinião pessoal do Emerson e que não vai influenciar na minha opinião sobre o Mano", declarou o camisa 7 corintiano.

Sob o comando de Mano Menezes, Elias foi campeão do Brasileiro da Série B em 2008, e campeão do Paulistão e da Copa do Brasil de 2009 pelo Corinthians. Também ganhou oportunidades na Seleção Brasileira com o treinador, e trabalhou com ele no Flamengo no ano passado.

Elias que foi contratado recentemente pela diretoria do Corinthians, junto ao Sporting de Portugal, por cerca de 4 milhões de euros (R$ 12,2 mihões), em quatro parcelas anuais. Ainda não pode vestir a camisa Alvinegra, somente quando a janela de transferências internacionais for reaberta.

Fonte: futnet

Veja Mais:

  • Romero será um dos titulares na última partida do ano

    Libertadores, vingança e tributo: Corinthians encara Cruzeiro neste domingo

    ver detalhes
  • Patch de homenagem a Chapecoense na camisa do Corinthians

    Veja imagens da camisa do Corinthians com o patch da homenagem a Chapecoense

    ver detalhes
  • Marinho vem sendo pedido por torcedores do Corinthians para 2017

    Pedido pela torcida do Corinthians, Marinho admite deixar Vitória em 2017

    ver detalhes
  • Simi passou sete anos no Corinthians

    Simi reclama de saída do Corinthians e projeta 'final às avessas' da LNF no Parque São Jorge

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes