Johnny Herrera, ex-Corinthians, pega 150 dias de prisão por dirigir embriagado

Johnny Herrera, ex-Corinthians, pega 150 dias de prisão por dirigir embriagado

Johnny Herrera, ex-Corinthians, pega 150 dias de prisão por dirigir embriagado

Johnny Herrera, ex-Corinthians, pega 150 dias de prisão por dirigir embriagado

O goleiro chileno Johnny Herrera terá que ver o sol nascer quadrado pelos próximos 150 dias. O ex-camisa 1 do Timão foi condenado pela Justiça Chilena a prisão por dirigir embrigado e sem habilitação no final de 2012. Ele, no entanto, poderá continuar jogando, pois cumprirá a pena em 'liberdade vigiada'.

Herrera foi flagrado dirigindo embriagado em setembro de 2012. Além de cometer a infração, ele estava impedido de dirigir após ser condenado pela morte da jovem Macarena Casassus, de 22 anos, enquanto dirigia bêbado, em Santiago.

Segundo a investigação da promotoria chilena, o acidente aconteceu em novembro de 2009 e o atleta dirigia acima da velocidade permitida e sob o efeito de bebidas alcoólicas. Na época, o atleta chegou a um acordo com a família de Casassus, mas o caso foi reaberto após Herrera ser detido dirigindo embriagado novamente no final de 2012.

Inocentado da acusação de estar embriagado na hora do acidente, no ano seguinte, Herrera não escapou de ser considerado culpado pela morte da estudante Macarena. Segundo a decisão judicial, o goleiro estava acima da velocidade permitida e estava desatento às condições do trânsito.A pena foi de três ano de reclusão, que não foram cumpridos.

Johnny Herrera tem 31 anos e foi formado nas categorias do Universidad de Chile, onde atuou de 1998 a 2006, quando foi negociado com o Corinthians. Depois do Timão, voltou para o Chile para atuar no Everton, no Audax Italiano e novamente na Universidad, onde está até hoje.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Representante do Timão por Drogba volta ao Brasil e se encontra com Roberto de Andrade

    Representante do Timão por Drogba volta ao Brasil e se encontra com Roberto de Andrade

    ver detalhes
  • Pedrinho e Carlinhos marcaram na partida contra o Internacional

    Corinthians supera Internacional e conquista vaga para as quartas de final da Copinha

    ver detalhes
  • Flávio Adauto é diretor de futebol do Corinthians desde outubro de 2016

    Atrapalhado, diretor do Corinthians confunde Fellipe Bastos com reforço do rival

    ver detalhes
  • Corinthians provoca Internacional após classificação na Copinha

    Corinthians provoca Internacional após classificação na Copinha

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes