Paolo Guerrero ganha elogios após voltar a fazer gols

Paolo Guerrero ganha elogios após voltar a fazer gols

Paolo Guerrero ganha elogios após voltar a fazer gols

Paolo Guerrero ganha elogios após voltar a fazer gols

O peruano Paulo Guerrero voltou a assumir o papel de artilheiro no Corinthians. O autor do gol do título mundial em 2012 havia ficado três meses sem marcar até fazer gols nos dois últimos jogos do clube, incluindo no último domingo, quando decidiu a vitória por 1 a 0 sobre o Chapecoense, fora de casa, resultado que valeu a liderança do Campeonato Brasileiro ao time.


Guerrero já tinha encerrado o jejum na quarta-feira, na vitória por 3 a 0 sobre o Nacional, em Manaus, pela Copa do Brasil. Neste domingo, além do gol, teve boa atuação ao arriscar chutes de fora de área e disputar espaço com os zagueiros adversários em partida marcada por intensa marcação.

'O Guerrero é o único centroavante de área que temos hoje. Ele participa de forma tão intensa, que uma hora sobra, e ele teve a felicidade de fazer', elogiou o técnico Mano Menezes. 'O importante é o trabalho do jogador, que teve um comportamento exemplar. Poder mantê-lo na equipe, após uma sequência de lesões, sem marcar gols, ajudou muito a dar confiança', completou o treinador corinyiano.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes