Por precaução, Corinthians não deverá utilizar Elias em amistosos

Por precaução, Corinthians não deverá utilizar Elias em amistosos

Por Meu Timão

17 mil visualizações 71 comentários Comunicar erro

Elias só deve jogar em partidas oficiais

Elias só deve jogar em partidas oficiais

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Apesar de, em teoria, poder atuar no amistoso contra o Atlético-PR, quarta-feira que vem, 14, às 19h30, na Arena da Baixada, o volante Elias não deverá ser utilizado pela comissão técnica. A precaução parte do departamento jurídico do clube, que pensa em evitar problemas com o STJD.

Como o contrato do atleta não está registrado na Confederação Brasileira de Futebol, mesmo se tratando de um jogo não-oficial, Elias ficará fora. O comportamento deve ser repetido nos amistosos que o clube fará durante a Copa do Mundo, provavelmente em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, e na China.

Com isso, a única aparição de Elias antes da abertura da janela será neste sábado, no amistoso festivo da Arena Corinthians. Contudo, não é possível afirmar que o jogador atuará.

A estreia de Elias está prevista para o retorno do Campeonato Brasileiro. O primeiro desafio do Timão pós-Copa será contra o Internacional, dia 16 de julho.

Veja Mais:

  • BMG já injetou R$ 30 milhões no Timão; banco também possui ligação com Atlético-MG

    Corinthians e BMG podem costurar acordo por Luan, indica Carille

    ver detalhes
  • Carille foi convidado desta segunda-feira do programa Bem, Amigos!

    Carille detalha conselho de Ronaldo Fenômeno para voltar a treinar o Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians está conversando para tentar trazer Romarinho de volta

    Corinthians entra em contato com Al-Ittihad para contratar Romarinho; jogador se pronuncia na Arábia

    ver detalhes
  • Romero segue treinando a parte e não será relacionado aos jogos do Corinthians enquanto não resolver sua situação contratual

    Carille comenta situação de Romero e explica mudanças pelos lados do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes