Novo Mundial de clubes no Brasil acaba com argumentos dos rivais do Corinthians

Novo Mundial de clubes no Brasil acaba com argumentos dos rivais do Corinthians

Por Meu Timão

Edílson humilha Karembeu, do Real Madrid, no campeonato mundial FIFA de 2000

Edílson humilha Karembeu, do Real Madrid, no campeonato mundial FIFA de 2000

Nessa sexta-feira a FIFA confirmou o interesse do Brasil em sediar o Mundial de Clubes de 2017 e 2018. A candidatura do país volta a público uma das maiores discussões do futebol nacional. Um clube Brasileiro poderá ser campeão do Mundo novamente sem conquistar a Libertadores.

Em 2000, na primeira edição de um Mundial de Clubes reconhecido pela FIFA, o Corinthians conquistou a vaga por ter sido campeão nacional. A história todo mundo já sabe: o Timão passou por cima de todo mundo e sagrou-se campeão do Mundo.

Os rivais do Corinthians obviamente não gostaram, mesmo o mundial tendo representantes de todos os continentes, Só que agora a história pode se repetir se o Brasil sedear novamente a competição.

Em 2013 quase um clube marroquino quase repetiu a façanha do Corinthians. Passando inclusive pelo Atlético-MG, o Raja Casablanca chegou a final da competição mas acabou sendo derrotado pelo Bayern de Munique.

Além do Brasil, Japão e Emirados Árabes também se candidataram pra receber o evento. O Comitê Executivo vai divulgar em setembro quem irá sedear a competição.

Veja Mais:

  • Por atraso em voo, reunião sobre Jadson no Corinthians é adiada

    [Marco Bello] Por atraso em voo, reunião sobre Jadson no Corinthians é adiada

    ver detalhes
  • Pedrinho, à direita, está na mira de Barcelona, Atlético de Madrid e Chelsea

    Trio europeu monitora Pedrinho; agente aposta em multa de R$ 68 mi para mantê-lo no Corinthians

    ver detalhes
  • Del'Amore é um dos destaques do Corinthians na Copinha-2017

    Zagueiro do Corinthians com ascendência italiana é sondado pela Lazio

    ver detalhes
  • Caixa pode seguir no uniforme do Corinthians para 2018

    Corinthians inicia conversas com Caixa por renovação do patrocínio master

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes