Com homenagens e festa, Corinthians inaugura Arena Corinthians

Com homenagens e festa, Corinthians inaugura Arena Corinthians

Com homenagens e festa, Corinthians inaugura Arena Corinthians

Com homenagens e festa, Corinthians inaugura Arena Corinthians

Com homenagens e clima festivo, o Corinthians está inaugurando na manhã deste sábado a Arena Corinthians, estádio que receberá seis jogos da Copa do Mundo em São Paulo. A partida que marca a abertura da arena estava marcada para as 10 horas, mas só teve início às 10h50, diante de um público de 20 mil torcedores - a capacidade total para o Mundial será de 68 mil, mas o Corpo de Bombeiros limitou a presença da torcida neste fim de semana.


O jogo, na verdade, consistirá em diversas partidas de apenas 15 minutos. E contará com a participação de 110 jogadores e ex-jogadores, treinadores entre grandes ídolos da história corintiana. Ao todo 150 foram homenageados, antes do apito inicial. Um deles foi o ex-presidente Vicente Matheus, já falecido. Sua esposa, Marlene Matheus, recebeu uma placa para lembrar as contribuições do ex-dirigente na conquista do novo estádio.

Os demais homenageados também receberam uma placa com a inscrição 'Craques Eternos'. Também houve destaque para ídolos como Basílio, cujo gol decisivo na final do Paulistão de 1977, foi exibido no telão do estádio. Ayrton Senna, que era corintiano, também foi lembrado em vídeo.

Durante as homenagens, uma pequena parte da torcida nas arquibancadas protestou contra o atual presidente, Mario Gobbi. Enquanto isso, Andrés Sanchez, ex-presidente e responsável pelas obras do estádio, era ovacionado. 'A gente lutou muito para conseguir essa p.... A gente tem que ter noção de reconhecer nossos ídolos que jogaram pelo Corinthians', declarou Sanchez.

Para este jogo festivo, que ainda está sendo disputado, foram liberados apenas as arquibancadas fixas da Arena Corinthians. As temporárias, montadas para a Copa do Mundo, ainda não estão totalmente prontas. Ao todo, apenas três setores receberam público, com ingressos variando de R$ 50 a R$ 150.

Os preços mais populares ficaram no Setor Leste, onde se concentraram as faixas das torcidas organizadas, como Gaviões da Fiel, Pavilhão 9 e Camisa 12. No outro lado do estádio, no Setor Oeste, estavam os bilhetes mais caros.

A chegada dos torcedores à Arena Corinthians, uma das preocupações da Fifa e do governo estadual, foi tranquila, sem tumultos. Boa parte da torcida utilizou transporte público, principalmente o metrô. A estação Itaquera fica a cerca de 700 metros do estádio.

Apesar da inauguração, a Arena Corinthians ainda não está pronto. Acabamentos estão por fazer e a torcida encontrou muita sujeira e poeira nas dependências da arena. Há setores sem piso, lanchonetes ainda não estão funcionando a 100%. E não há conexão 3G e nem Wi-Fi.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Paulo Roberto e Danilo treinaram com bola nesta terça e estão à disposição para pegar Grêmio

    Volta de Paulo Roberto, susto de Pedrinho e possível escalação: o treino do Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians/Audax fez nova vítima da Libertadores feminina: Santa Fe

    Corinthians/Audax vence 'bicho papão' e se classifica com melhor campanha da Libertadores feminina

    ver detalhes
  • Em reedição da final de 2016, Corinthians e Sorocaba se enfrentam pelo título da LPF

    De virada, Corinthians/Unip vence Sorocaba e sai na frente na final da Liga Paulista

    ver detalhes
  • Gabriel está de volta ao Corinthians após cumprir suspensão

    Trio volta, e Corinthians relaciona 24 jogadores para enfrentar Grêmio; veja lista

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes