Timão aguarda CBF para liberar a estreia de Elias na Arena da Baixada

Timão aguarda CBF para liberar a estreia de Elias na Arena da Baixada

Por Larissa Emanuelle

1.5 mil visualizações 14 comentários Comunicar erro

Fora dos jogos oficiais, Elias quer participar de mais um jogo amistoso

Fora dos jogos oficiais, Elias quer participar de mais um jogo amistoso

A diretoria do Corinthians aguarda a aval da CBF para contar com Elias no amistoso de inauguração da Arena da Baixada, uma das sedes da Copa do Mundo. Até agora, o clube já tinha decidido que levaria o atleta com a intenção de usá-lo no jogo amistoso, mas para evitar possíveis problemas resolveu fazer contado com a entidade máxima do futebol brasileiro. Elias ainda não pode jogar oficialmente, mesmo com o contrato rescindido com o Sporting.

O clube deseja a presença de todos os seus atletas no amistoso em que o clube foi convidado. A ideia até agora é de que a comissão técnica usada o elenco principal durante 45 minutos, para que o restante do tempo seja utilizado apenas porque time mais alternativo. A princípio, Elias estaria entre os jogadores que irão participar do eventos teste em Curitiba.

A resposta deve sair ainda nesta terça-feira. O clube espera uma resposta da CBF até o fim do dia para relacionar ou não o camisa sete para o jogo.

Veja Mais:

  • Osmar Loss já escalou o Corinthians em seu primeiro treino como técnico da equipe

    Osmar Loss indica primeira escalação como técnico do Corinthians para pegar Millonarios

    ver detalhes
  • Osmar Loss conversa com o goleiro Walter em seu primeiro dia como treinador do Corinthians

    Loss relaciona 18 jogadores para Corinthians x Millonarios; veja lista

    ver detalhes
  • Osmar Loss e Andrés Sanchez em coletiva no CT Joaquim Grava

    Andrés banca Loss como novo treinador do Corinthians; comissão será reavaliada na Copa

    ver detalhes
  • Presidente Andrés Sanchez apresentou Osmar Loss como substituto de Carille no Corinthians

    Saída de Carille do Corinthians é festejada por palmeirenses; veja tweets

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes