Timão aguarda CBF para liberar a estreia de Elias na Arena da Baixada

Timão aguarda CBF para liberar a estreia de Elias na Arena da Baixada

Por Larissa Emanuelle

1.5 mil visualizações 14 comentários Comunicar erro

Fora dos jogos oficiais, Elias quer participar de mais um jogo amistoso

Fora dos jogos oficiais, Elias quer participar de mais um jogo amistoso

A diretoria do Corinthians aguarda a aval da CBF para contar com Elias no amistoso de inauguração da Arena da Baixada, uma das sedes da Copa do Mundo. Até agora, o clube já tinha decidido que levaria o atleta com a intenção de usá-lo no jogo amistoso, mas para evitar possíveis problemas resolveu fazer contado com a entidade máxima do futebol brasileiro. Elias ainda não pode jogar oficialmente, mesmo com o contrato rescindido com o Sporting.

O clube deseja a presença de todos os seus atletas no amistoso em que o clube foi convidado. A ideia até agora é de que a comissão técnica usada o elenco principal durante 45 minutos, para que o restante do tempo seja utilizado apenas porque time mais alternativo. A princípio, Elias estaria entre os jogadores que irão participar do eventos teste em Curitiba.

A resposta deve sair ainda nesta terça-feira. O clube espera uma resposta da CBF até o fim do dia para relacionar ou não o camisa sete para o jogo.

Veja Mais:

  • Maxwell (à dir.) assinou com Corinthians por duas temporadas

    Corinthians acerta com meia ex-Santos para categoria Sub-20

    ver detalhes
  • Luidy jamais estreou pelo Timão; jogador reforça São Bento na segunda divisão do Nacional

    Corinthians define futuro de Luidy, que volta a ser emprestado

    ver detalhes
  • Sergio Díaz fez primeiro trabalho com bola desde que chegou ao Corinthians

    Clayson de volta, Díaz em campo e Douglas dúvida; veja as novidades do treino do Corinthians

    ver detalhes
  • Loss trocou algumas vezes o esquema tático durante o jogo contra Grêmio

    Diretoria do Corinthians não aprova vários esquemas táticos de Loss e cobra treinador

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes