Atlético-PR x Corinthians vale como teste da Arena da Baixada para a Copa

Atlético-PR x Corinthians vale como teste da Arena da Baixada para a Copa

Atlético-PR x Corinthians vale como teste da Arena da Baixada para a Copa

Atlético-PR x Corinthians vale como teste da Arena da Baixada para a Copa

Curitiba, PR, 14 (AFI) - A Arena da Baixada, um dos estádios mais atrasados para a Copa do Mundo, receberá um evento-teste oficial nesta quarta-feira, já seguindo parâmetros da Fifa. A partir das 19h30, Atlético-PR e Corinthians fazem um amistoso no local, diante de um público que deve chegar a 30 mil pessoas.


No dia 29 de março, quando ainda estava em obras, a Arena da Baixada passou por um primeiro teste, ao ser palco de um jogo-treino entre Atlético-PR e J. Malucelli que terminou sem gols. Na ocasião, apenas 10 mil dos 43 mil lugares do estádio foram liberados para o público.

Agora, porém, será um evento-teste oficial. Apesar da importância do amistoso para testar a sede de Curitiba na Copa do Mundo, os dois times não estão dando muita importância para o jogo - mesmo porque, ambos já pensam na próxima rodada do Brasileirão, marcada para o fim de semana.

No Corinthians, o técnico Mano Menezes decidiu que sete titulares nem viajam para Curitiba. Por desgaste físico, o goleiro Cássio, o zagueiro Cleber, o lateral-direito Fagner, o lateral-esquerdo Fábio Santos, o volante Guilherme e os atacantes Romarinho e Guerrero foram poupados.

A novidade corintiana para o amistoso é a reestreia de Elias, que faz seu primeiro jogo pelo clube desde que foi contratado recentemente. Com passagem pelo Corinthians entre 2008 e 2010, ele estava no Sporting Lisboa, de Portugal, e só poderá jogar no Brasileirão após a Copa do Mundo.

Já o Atlético-PR deve utilizar duas equipes diferentes na partida. O técnico Miguel Ángel Portugal mantém apenas uma dúvida no ataque, pois Marcelo foi poupado de treino por causa de dores e pode ser substituído por Mosquito. No meio, Otávio deve ser confirmado como titular.

PROBLEMAS
Fora de campo, porém, os problemas do Atlético-PR com o estádio continuam se acumulando. Depois de enfrentar algumas greves de operários que reclamavam falta de pagamento, o clube foi condenado pela Justiça do Trabalho a pagar R$ 300 mil por danos morais coletivos por irregularidades trabalhistas na obra de ampliação da Arena da Baixada.

A decisão, que foi expedida na quarta-feira da semana passada e divulgada somente na terça pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), denuncia a prorrogação da jornada dos trabalhadores acima do limite de duas horas diárias, o desrespeito pelo descanso semanal remunerado de 24 horas consecutivas e a exigência de trabalho aos domingos sem respeito à escala e sem intervalo mínimo de uma hora para almoço e descanso.

Por causa da decisão, o clube terá um prazo de 15 dias para apresentar recursos, mesmo tempo que o Ministério Público do Trabalho terá para apresentar a planilha de cálculo e a forma de pagamento da multa por parte do Atlético-PR.

Além disso, o clube foi cobrado pela 1ª Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor de Curitiba sobre o Laudo Técnico de Engenharia da Arena da Baixada, que ainda não foi apresentado. A apresentação do documento é necessária para atestar as condições de segurança do estádio.

Segundo a promotora de Justiça Fernanda da Silva Soares, o laudo apresentado pelo clube não se enquadra nos termos do Estatuto do Torcedor. Entre os itens que precisam ser esclarecidos está o eventual 'grau de criticidade' da Arena da Baixada, dado fundamental para se estabelecer, por exemplo, possível restrição de público.

Além do laudo de engenharia, segundo fixa o Estatuto do Torcedor, a assessoria de imprensa da Promotoria informou que é necessária a apresentação dos laudos de segurança, de vigilância sanitária e de prevenção e combate de incêndio.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Rodriguinho foi um dos destaques do duelo na Arena; arbitragem bastante questionável

    Juiz 'esquece' pênaltis, Corinthians para na retranca do Vitória e perde a primeira no Brasileirão

    ver detalhes
  • Carille ressaltou aprendizados com revés do Corinthians para o Vitória

    Carille tira lições de derrota e nega relação entre perdas e período sem jogos

    ver detalhes
  • Jô teve atuação discreta na derrota para Vitória

    Cássio é eleito destaque de derrota do Corinthians; quarteto ofensivo destoa

    ver detalhes
  • Arena Corinthians recebeu 42.075 pagantes nesta tarde de sábado

    Fiel canta na Arena após primeira derrota do Corinthians no Brasileirão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes