Corinthians vence Atlético-PR em teste na Arena da Baixada

Corinthians vence Atlético-PR em teste na Arena da Baixada

Corinthians vence Atlético-PR em teste na Arena da Baixada

Corinthians vence Atlético-PR em teste na Arena da Baixada

Curitiba, PR, 14 ( AFI) - O Atlético Paranaense até marcou o primeiro gol em seu novo estádio, mas não evitou a derrota para o Corinthians, de virada, por 2 a 1, no primeiro evento-teste da Arena da Baixada, em Curitiba, na noite desta quarta-feira. A partida amistosa, no estádio que receberá quatro jogos da Copa do Mundo, contou com público reduzido, de aproximadamente 30 mil, abaixo da capacidade total de 43 mil lugares.


O atacante Marcelo foi o autor do primeiro gol da reformada Arena da Baixada, ainda aos 13 minutos de jogo. O estádio já havia recebido um amistoso no dia 29 de março, entre Atlético e J. Malucelli, mas terminara sem gols. Na ocasião, o time da casa ainda contava com Adriano em seu elenco e somente 10 mil torcedores puderam comparecer à partida.

Diferentemente deste amistoso, o desta quarta seguiu os parâmetros da Fifa. Por se tratar de um evento-teste oficial, as equipes tiveram que acompanhar os protocolos da entidade desde antes do início da partida. Assim, cumpriram horários determinados para saída dos hotéis, chegada ao estádio e aquecimento no gramado.

O jogo desta noite contou com público maior. Aproximadamente 30 mil torcedores, incluindo os do Corinthians, puderam entrar no estádio, que não contou com público total por precaução. Ainda em processo de finalização, a Arena conta com muito entulho e obras na parte de fora.

Para o Corinthians, o amistoso serviu para o retorno de Renato Augusto como titular, após voltar no clássico com o São Paulo, no domingo. Também houve a reestreia do volante Elias, liberado pela CBF para atuar nesta quarta - o retorno em jogo oficial acontecerá somente depois da Copa do Mundo.

Mano Menezes aproveitou também para testar jogadores que vêm ganhando poucas chances na equipe, como Guilherme Arana, Zé Paulo e Paulinho. Os titulares Cássio, Cleber, Fagner, Fábio Santos, Guilherme, Romarinho e Guerrero foram poupados.

No fim de semana, o Corinthians vai protagonizar novo evento-teste, desta vez em seu novo estádio. Na Arena Corinthians, que receberá a abertura da Copa, o time paulista vai encarar o Figueirense, domingo, pela quinta rodada do Brasileirão. Será o primeiro jogo oficial na arena. Já o Atlético enfrentará a Chapecoense, em Maringá, no mesmo dia.

O JOGO
Apesar do público limitado na Arena da Baixada, a torcida atleticana fez barulho e incentivou o time da casa, que começou a partida como se fosse de campeonato. Acelerando as jogadas, o Atlético deu trabalho para a defesa corintiana nos primeiros minutos.

E, de tanto pressionar, abriu o placar aos 13 minutos. Marcelo, em jogada individual, investiu pela direita e deixou três marcadores para trás antes de bater de canhota no canto direito do goleiro Walter.

Depois de levar o gol, o Corinthians tentou reagir, mas demorou para se aventurar no ataque. Com Renato Augusto sem ritmo e Jadson ainda em clima de amistoso, o time paulista pouco ameaçava. No primeiro bom lance, Luciano recebeu na entrada da área e bateu para as redes. A arbitragem, contudo, assinalou impedimento inexistente e anulou o lance, aos 26.

Um minuto depois, o mesmo Luciano finalizou de fora da área e contou com desvio da zaga para enganar o goleiro Weverton e empatar o jogo. Não por acaso o Corinthians crescia em campo e, após equilibrar a partida, já assustava a defesa paranaense e dominava o meio-campo.

Para o segundo tempo, o técnico Miguel Ángel só não mudou um jogador do Atlético. O lateral-esquerdo Lucas Olaza foi o único que permaneceu no gramado. Do lado corintiano, Mano trocou Jadson e Ferrugem por Paulinho e Guilherme Andrade.

Após as mudanças, o Atlético não disfarçou a queda de rendimento. E logo o Corinthians aproveitou o momento favorável. Aos 9, Luciano cruzou da direita e Renato Augusto, sem marcação, bateu da marca do pênalti para as redes.

O meia ainda brilhou aos 20, antes de deixar o gramado, ao iniciar bela jogada que quase culminou no gol de Paulinho. O goleiro Santos fez grande defesa e evitou o terceiro do Corinthians. Na sequência, Renato Augusto foi substituído por Danilo.

Mano aproveitou a segunda metade da etapa final para fazer novos testes na equipe. E deu oportunidade para Guilherme Arana, Zé Paulo e Malcom. Assim, o Corinthians caiu de ritmo e parou de frequentar o ataque.

Pressionado pela torcida, o Atlético se esforçou para buscar o empate. Mas, com a equipe toda em teste, após as substituições, também perdeu volume de jogo e não conseguiu levar maior perigo ao gol corintiano.

FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO-PR 1 x 2 CORINTHIANS

ATLÉTICO-PR - Weverton (Santos); Sueliton (Mário Sérgio), Cleberson (Dráusio), Léo Pereira (Alcides) e Lucas Olaza (Nathan); Deivid (João Paulo), Paulinho Dias (Otávio), Felipe (Douglas Coutinho), Natanael (Bady) e Marcos Guilherme (Bruno Mendes); Marcelo (Mosquito). Técnico: Miguel Ángel Portugal.

CORINTHIANS - Walter (Danilo Fernandes); Ferrugem (Guilherme Andrade), Gil, Felipe e Uendel (Guilherme Arana); Bruno Henrique (Ralf), Elias, Petros (Zé Paulo), Renato Augusto (Danilo) e Jadson (Paulinho); Luciano (Malcom). Técnico: Mano Menezes.

GOLS - Marcelo, aos 13, e Luciano, aos 27 minutos do primeiro tempo. Renato Augusto, aos 9 minutos do segundo tempo.

CARTÃO AMARELO - Lucas Olaza.

ÁRBITRO - Rodolpho Toski Marques (PR).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes
  • Gaviões da Fiel se unirá as outras torcidas organizadas paulitas neste domingo

    Organizadas rivais de São Paulo se unem em evento no Pacaembu em homenagem à Chape

    ver detalhes
  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes