Primeiro jogo oficial na Arena Corinthians testa parte da operação Copa do Mundo

Primeiro jogo oficial na Arena Corinthians testa parte da operação Copa do Mundo

Arena Corinthians irá inaugurar a Copa do Mundo

Arena Corinthians irá inaugurar a Copa do Mundo

Arena Corinthians sediará no próximo domingo o jogo entre Corinthians e Figueirense pelo Campeonato Brasileiro. O evento será um teste para algumas operações planejadas para a Copa do Mundo pelo Comitê Organizador Local (COL), FIFA, Governo do Estado e Prefeitura de São Paulo. A partida começará às 16 horas e tem público previsto de 40 mil pessoas.


Entre as operações em teste está o conceito geral de mobilidade urbana: o acesso prioritário à arena é via transporte sobre trilhos (trem e metrô).O estádio terá duas entradas principais - OESTE e LESTE - que estão indicadas nos ingressos dos jogos da Copa do Mundo. Nos ingressos para o dia 18/5 estão indicados os setores do estádio. A entrada OESTE (Portão 1) está localizada no acesso pela Radial Leste e é destinada aos torcedores com ingressos para os setores oeste e sul, que deverão utilizar o metrô (Linha 3?'Vermelha) e desembarcar na Estação Artur Alvim. Já a entrada LESTE (Portão 2) deverá ser usada pelos torcedores com ingressos para os setores leste e norte que forem ao estádio pela CPTM (Linha 11 - Coral), com desembarque na estação Corinthians-Itaquera.

Cabe destacar que a grande maioria do público deste jogo é paulistano e familiarizado com o sistema de transporte da cidade. Essa característica pode resultar em uma tendência de escolha pelo desembarque na estação Corinthians-Itaquera. Para auxiliar na simulação operacional, os torcedores que optarem pelo Metrô para ir ao estádio serão incentivados a desembarcar na Artur Alvim.

A partir das estações, os torcedores caminham cerca de um quilômetro até a Arena Corinthians, com auxílio de orientadores. Haverá checagem de ingresso durante esse percurso.

A CPTM colocará em operação, 3 horas antes do jogo (às 13h), o Expresso da Copa: da estação Luz até a Corinthians-Itaquera em 19 minutos, sem paradas intermediárias. O Expresso partirá da plataforma 4. Reproduzindo o modelo Copa, o Expresso será intercalado com a linha 11-Coral da CPTM para não prejudicar o usuário habitual. É recomendável comprar os bilhetes de ida e volta com antecedência, tanto para a CPTM quanto para o Metrô (R$ 3,00), e ficar atento aos avisos sonoros sobre as estações de desembarque para o evento.

Os torcedores com deficiência deverão ir de metrô, desembarcar em Corinthians-Itaquera e utilizar o ATENDE (Serviço de Atendimento Especial) até o estádio.

Na saída do jogo, o torcedor deve utilizar as mesmas estações e meios de transporte do percurso de ida.

Trânsito
Em virtude do evento-teste, a CET vai bloquear vias no entorno da Arena Corinthians das 12 às 20 horas. Haverá bloqueios operacionais em toda região do estádio, nos mesmos moldes do que será aplicado na Copa do Mundo. As intervenções serão de três tipos:

?' PVV?s (Pontos de Verificação Veicular): pontos de bloqueio por onde serão permitidos acessos de veículos credenciados especialmente para o evento;
?' Bloqueios Operacionais: por esses pontos não será permitido o acesso a nenhum tipo de veículo;
?' Pontos de Acesso Local: vias permitidas para acesso a moradores cadastrados pela CET.

O conjunto das vias atingidas será divulgado pela CET nesta quinta-feira (15/5). Como não haverá bolsões de estacionamento para veículos particulares na região da Arena, o torcedor sem credencial de estacionamento para seu veículo deve utilizar o transporte público para chegar ao estádio.

Segurança
Na área da segurança pública, serão testadas quase todas as operações previstas para a Copa do Mundo: escolta de times e árbitros, vistorias antibombas e a agentes químicos, biológicos, radiológicos ou nucleares (materiais QBRN), policiamento, VOC (Venue Operational Center), e apoio à CET nas operações de bloqueio de tráfego. A operação de segurança na área interna do estádio será privada, sob responsabilidade do Comitê Organizador Local (COL). A Polícia Militar estará a postos para atuar, se necessário.

Escolta: no evento-teste, a PM será responsável pela escolta dos times.

Vistorias: serão simuladas vistorias antibombas e a agentes químicos, biológicos, radiológicos ou nucleares (materiais QBRN), com Exército, Bombeiros, PM, PF e CNEN (Comissão Nacional de Energia Nuclear). Trata-se de exercício, cujo objetivo principal é o reconhecimento da arena e a estimativa de duração da atividade.

VOC: o Venue Operational Center, na sigla em inglês, é o centro de comando local que monitora o evento, especialmente o estádio. Este é um espaço interagências, com a participação do COL/FIFA, pois haverá segurança privada (stewards).

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes