Casa dos sonhos da torcida corintiana recebe a primeira partida oficial

Casa dos sonhos da torcida corintiana recebe a primeira partida oficial

SÃO PAULO - A Arena Corinthians terá sua primeira partida oficial neste domingo e a Fiel vai descobrir que ela foi projetada para que todos os torcedores alvinegros possam chamá-la de lar. A começar pelo sofisticado acabamento e pelas diversas opções de segmentação para todos os tipos de público nos variados setores. Os jogadores também não terão do que se queixar: o time ganhou um ótimo vestiário, um gramado "europeu" e uma iluminação que faz a noite parecer dia.

Entre os vários projetos apresentados ao clube, venceu o do escritório Coutinho Diegues Cordeiro. O que mais cativou os conselheiros corintianos foi a concepção do estádio em Itaquera, que possibilitaria uma série de áreas para dar lucro ao clube.

"O Corinthians partiu de uma pesquisa de mercado, que apontava para uma determinada necessidade de receita. Então, o que nós fizemos foi transformar essa pesquisa em áreas físicas e distribuí-las de modo que o público pudesse passar de uma maneira equânime por todas essas áreas", conta o arquiteto Anibal Coutinho.

Isso fez com que a arena tivesse um formato pouco convencional em comparação com a maioria dos outros estádios brasileiros. "A arquitetura do estádio nasceu da necessidade de ele ser compacto, para colocar o público perto do jogo. Mas ele é amplo por fora", diz o responsável pelo projeto. "Outro fator é que ele é segmentado de acordo com todos os públicos que o Corinthians tem. Só que uma determinação do clube, desde o início, foi que não houvesse diferenciação de acabamento, que é igual em todos os setores. O que muda é a quantidade de serviços que você tem, acoplados ao valor do ingresso. Essa é a grande diferença desse estádio para os outros."

Assim, o torcedor que for ao estádio terá banheiros luxuosos e confortáveis, mármore para todos os lados e grandes espaços de convivência. Nos setores mais caros, sentará em poltronas confeccionadas pela Ferrari e pela Maserati, poderá fazer pedido de comida pelo celular – um garçom vai atendê-lo – e ficará em um sistema all-inclusive, em que se pode comer e beber à vontade. Já nos setores mais populares haverá um cardápio mais simples e, além disso, o torcedor terá de pagar por cada item que consumir.

A decisão de criar setores para todos os tipos de classe social vai ao encontro do resultado de uma pesquisa encomendada pelo clube que mostrou que o Corinthians possui muitos torcedores em todas as faixas de renda. "A filosofia do Corinthians é que os ingressos mais simples sejam subsidiados pelos ingressos mais caros, pois a ideia é encher o estádio. A coisa mais desagradável do mundo é você comprar um ingresso vip e olhar para a arquibancada vazia. Isso tem acontecido em vários estádios e o Corinthians quer evitar isso."

O arquiteto revela que o clube fez duas apostas importantes para que o estádio favorecesse o time corintiano: ter a melhor iluminação e o melhor gramado do mundo. "Ele (o gramado) foi projetado na Inglaterra, executado no Brasil por irlandeses e por uma empresa brasileira, com dois sistemas de refrigeração, a ar e a água gelada, e é controlado remotamente, o que mantém a temperatura da terra sempre em níveis bem inferiores à temperatura ambiente. Isso nos permitiu a utilização de uma grama de inverno."

Os benefícios de utilizar esse tipo de gramado são que ele cresce mais rapidamente, é todo semeado e possibilita que a bola corra mais depressa. Também possui raízes profundas, então o jogador não prende tanto a trava da chuteira, eliminando as torções. "Esse gramado é próprio para o estilo de jogo do Corinthians", opina Anibal.

Ele só pede um pouco de paciência à torcida porque, depois da Copa, o estádio será reformado e ficará bem diferente. Haverá mudanças nos vestiários, a cobertura receberá pontas de vidro nas extremidades e as arquibancadas provisórias serão retiradas, dando lugar a telões.

Fonte: Estadão

Veja Mais:

  • Carille vai mudar rotina do Timão e tirar concentração do CT

    Pela primeira vez em seis anos, Corinthians deixa CT para se concentrar ao lado do Morumbi

    ver detalhes
  • Parte do elenco Sub-20 permanecerá no Brasil

    Em próxima data FIFA, Corinthians Sub-20 viaja para a Espanha e enfrenta Deportivo La Coruña

    ver detalhes
  • Meia atuou nas categorias de base do Corinthians por três anos

    Cinco anos depois, Corinthians recebe parte da venda de Lucas Moura por ser clube formador

    ver detalhes
  • Romero foi bastante participativo no primeiro tempo, mas 'sumiu' na etapa final

    Sem criar chance de gol, Corinthians cai na pilha do Racing e é eliminado da Sul-Americana

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes