Corinthians luta para trazer Lodeiro, mas fica de olho em plano B

Corinthians luta para trazer Lodeiro, mas fica de olho em plano B

Por Meu Timão

41 mil visualizações 153 comentários Comunicar erro

Marlone será o próximo alvo, caso Lodeiro não venha

Marlone será o próximo alvo, caso Lodeiro não venha

Ao que tudo indica, um acordo entre Lodeiro e Corinthians está perto, porém a diretoria ainda tem uma carta na manga caso o acerto não aconteça. Embora a intenção seja acertar com o uruguaio antes do início da Copa do Mundo, treinador e dirigentes já escolheram quem poderia vir em caso de fracasso nas negociações.

As atenções se voltam para o jovem Marlone, revelação no Vasco na temporada passada. O meia atacante de apenas 22 anos chegou a ser pretendido pelo Corinthians durante a janela de transferências, mas acabou cedido ao Cruzeiro. No time celeste, entretanto, o jogador tem pouco espaço e luta com nomes fortes pela posição titular.

O clube mineiro, porém, enxerga o jovem como um investimento para o futuro e tem pouco interesse em negociar o jogador. Uma das entradas para o Timão no acordo seria a possibilidade de envolver Guerrero na negociação, sonho da diretoria celeste - por motivos óbvios, essa ideia não passa pela cabeça dos comandantes do Parque São Jorge.

Sem definição sobre Lodeiro, contudo, o Timão ainda não se aproximou de jogador e de seu clube para um diálogo. Enquanto isso, Mano Menezes segue sem seu clamado reforço no sistema ofensivo do Corinthians.

Veja Mais:

  • Antonio Roque Citadini quase não concorreu na eleição de fevereiro

    Citadini lamenta sobre eleição no Corinthians: 'Essa campanha sangrenta me tirou as chances'

    ver detalhes
  • Jean (ao centro) deve sair; lateral Romão também não convenceu comissão técnica

    Entenda por que diretoria do Corinthians ainda não se desfez de jogadores 'encostados' do elenco

    ver detalhes
  • Matheus Matias (à esq.) foi assunto na entrevista coletiva do diretor adjunto Duílio Monteiro

    Corinthians confirma porcentagem adquirida de Matheus e alerta: 'Tendência é ir devagar'

    ver detalhes
  • Mauro da Silva (auxiliar), Duílio Monteiro Alves (diretor-adjunto de futebol) e Alessandro (gerente) durante um dos treinos no CT

    Diretoria assume dificuldade por um 9: 'Futebol na América do Sul pagando salários de Europa'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes