Confrontos contra a equipe Celeste são marcados por um equilíbrio extremo

Confrontos contra a equipe Celeste são marcados por um equilíbrio extremo

Por Meu Timão

1.8 mil visualizações 17 comentários Comunicar erro

Antes no Timão, Willian joga agora no Cruzeiro

Antes no Timão, Willian joga agora no Cruzeiro

O jogo de hoje, contra o atual campeão brasileiro, é a chance do Corinthians desequilibrar um dos mais acirrados confrontos do futebol brasileiro.

Se levarmos em conta o Brasileirão de maneira unificada, são 57 jogos, desde 1967, com 21 vitórias para cada lado e 15 empates.

Contudo, o saldo de gols tem uma ligeira vantagem alvinegra: 62 a 58. Entretando, quando falamos em tabu a vantagem é Celeste: 8 jogos seguidos sem perder para o rival.

Nos últimos jogos, o Corinthians vem levando azar contra o forte Cruzeiro. Em 2013 o Timão perdeu e empatou com os mineiros. A última vitória alvinegra é datada do primeiro turno do Brasileirão de 2012, quando a equipe liderada por Chicão e Paulinho, autores dos gols, fez a alegria da Fiel no Pacaembu.

Contudo, o time do Corinthians tem a “mania” de acabar com retrospectos negativos. O último rival, Sport, também possuía um retrospecto favorável, mas acabou derrotado e com direito a goleada, dentro de casa. Que assim seja hoje a noite.

Vai Corinthians!

Veja Mais:

  • Caixa pode voltar ao espaço nobre da camisa do Corinthians

    Corinthians alinha últimos detalhes para anunciar novo acordo por patrocínio máster

    ver detalhes
  • Fiel volta à Arena Corinthians na noite do próximo sábado; partida será contra o Paraná Clube

    Viagem ao Rio, sorteio da Copa BR e doze confrontos: todos os compromissos do Corinthians na semana

    ver detalhes
  • Loss só tem aproveitamento melhor do que Oswaldo de Oliveira

    Osmar Loss tem segundo pior aproveitamento entre todos os técnicos do Corinthians nesta década

    ver detalhes
  • Corinthians de Romero foi derrotado pelo Grêmio por 1 a 0 no fim do primeiro turno

    Cruzeiro só empata, Corinthians mantém posição, mas vê distância para o G6 aumentar

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes