Corinthians e São Paulo afirmam desconhecer interesse da Juventus por Pato

Corinthians e São Paulo afirmam desconhecer interesse da Juventus por Pato

Por Larissa Emanuelle

Corinthians e São Paulo afirmaram que não foram procurados pela Juventus

Corinthians e São Paulo afirmaram que não foram procurados pela Juventus

Emprestado para o São Paulo, o atacante Alexandre Pato foi alvo de especulações da imprensa italiana. Ex jogador do Milan, o mesmo estaria sob olhares da Juventus, sondagem que foi descartada pelo rival tricolor assim como pelo próprio Corinthians.

O técnico do time italiano, segundo o jornal 'La Gazetta dello Sport' teria confirmado um possível interesse em contar com o jovem atacante para a próxima temporada, fazendo a Juventus se interessar pela vinda de Pato por empréstimo.

Esta negociação não agrada aos dirigentes alvinegros, que desejam vender o atacante por mais de 15 milhões de euros, com 10% repassados para o rival que hoje tem o jogador em seu elenco. Caso o Timão conseguisse 20 milhões de euros por Pato, 500 mil ficariam com o São Paulo.

A Juventus, ainda segundo a imprensa italiana, não teria interesse de comprar Alexandre Pato por receio de suas constantes lesões, muito conhecidas em sua passagem pelo Milan. O atacante foi cedido para o São Paulo após não conseguir espaço com os dois técnicos que o treinaram no time alvinegro.

Veja Mais:

  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade assumiu presidência do Corinthians em fev/2015 e segue até fev/2018

    Conselheiros barram votação do impeachment, e Roberto de Andrade segue presidente do Timão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes