Com golaço de Elias e estreia de Romero, Timão bate Uberaba por 4x1 em amistoso

Com golaço de Elias e estreia de Romero, Timão bate Uberaba por 4x1 em amistoso

Por Meu Timão

Corinthians goleou em amistoso

Corinthians goleou em amistoso

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O Corinthians foi até Uberaba, interior de Minas Gerais, e em amistoso preparatório bateu os donos da casa por 4 a 1, gols de Luciano, Jadson, Elias e Renato Augusto. Foi o primeiro jogo do Timão desde a parada para a Copa e o único amistoso previsto na preparação. A equipe, que já tinha batido o São Bernardo em jogo treino, mostrou que ainda falta um pouco de ritmo de jogo, mas a expectativa é que para o retorno do Brasileirão, o time esteja a ponto de bala.

Primeiro tempo corrido

O jogo começou com o Corinthians ditando o ritmo e o Uberaba na base da empolgação. Aos 4 minutos, após cruzamento, Eraldo tentou de bicicleta abrir o placar para os donos da casa. Foi a única chance dos mineiros que depois viram o Timão, aos poucos, crescer.

Aos poucos, os comandados de Mano Menezes se acertavam em campo. Petros, como sempre, roubava muitas bolas. Em uma dessas oportunidades, tomou e serviu Guerrero pela esquerda. O peruano cruzou, Jadson bateu de primeira sem direção, e Luciano completou para as redes: 1 a 0 Timão.

Ainda na etapa inicial, Paolo Guerrero teve duas chances. Uma delas, em boa virada, o peruano bateu na trave. A vantagem mínima foi mesmo o resultado do intervalo.

Mudanças, estreia e goleada

O segundo tempo começou sem alterações no Timão e com a equipe imprimindo um ritmo mais forte. Logo aos dois minutos, Guerrero teve a primeira oportunidade de finalizar, mas foi travado. Nos minutos seguintes, o Corinthians seguiu apertando o adversário, sem sucesso.

E, preguiçoso nos toques, o time foi castigado. Jadson errou na saída, Jonathan Reis recuperou, bateu de fora da área, e fez o gol de empate. Festa da torcida local.

O Corinthians acordou e, poucos minutos depois, enquanto a equipe buscava espaços, Petros serviu Guerrero. No corte, o peruano foi derrubado e o árbitro - de forma equivocada - marcou pênalti. A falta, fora da área, virou cobrança da marca da cal e deu a Jadson a oportunidade de marcar o segundo gol. O camisa 10 converteu e o Timão voltou a estar à frente do placar: 2 a 1.

A partir dos 20 minutos começaram as mudanças de Mano Menezes. De cara, Guerrero, Luciano e Jadson saíram e deram lugar a Romero, Romarinho e Renato Augusto.

Não demorou para o paraguaio aprontar. Pelo lado direito, sassaricou de um lado a outro, cruzou de trivela, Renato Augusto deu de letra, e depois da rebatida, Elias deu um drible da vaca no zagueiro e fez um golaço: 3 a 1.

Minutos depois, jogada de Fágner pela direita, cruzamento, corte da zaga, e Renato Augusto, sozinho, ajeitou, escolheu o canto, bateu e fez o quarto. Goleada.

O jogo continuou acelerado mesmo com as excessivas mudanças. No Corinthians vieram ainda Bruno Henrique, Danilo e Uendel no lugar de Fábio Santos, Petros e Ralf. Logo depois, foi a vez de Guilherme Andrade entrar na vaga de Elias.

Nos minutos finais, apesar de buscar, o Timão não criou grandes chances. Nem precisou. A torcida saiu satisfeita com a goleada com direito a golaço.

No Brasileirão, o Timão voltará a campo no dia 17 de julho, às 19h30, contra o Internacional, na Arena Corinthians. Antes disso, porém, deve fazer mais um jogo treino, contra o São Caetano, sábado que vem, no CT.

Veja Mais:

  • Alan Mineiro tem contrato com o Corinthians até o fim de 2018

    Após impasse, meia do Corinthians é anunciado como reforço do Fortaleza

    ver detalhes
  • Corinthians foi bicampeão mundial em 2012, diante do Chelsea, no Japão

    Grêmio cai, e Corinthians segue sendo último sul-americano campeão do Mundial da Fifa

    ver detalhes
  • Yago volta ao Corinthians na primeira semana de janeiro

    Após empréstimo, zagueiro é reintegrado ao Corinthians; Del'Amore no radar

    ver detalhes
  • Scarpa tem reunião marcada com empresários neste sábado

    Alvo do Corinthians, Scarpa agenda reunião com representantes para decidir futuro

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes