Goleada sofrida pelo Brasil pode encurtar o caminho de Tite para a Seleção

Goleada sofrida pelo Brasil pode encurtar o caminho de Tite para a Seleção

Por Meu Timão

Tite pode ser o próximo treinador da Seleção

Tite pode ser o próximo treinador da Seleção

A goleada histórica sofrida pelo Brasil de 7x1 contra a Alemanha deixou milhões de brasileiros indignados, ainda mais jogando em casa. O pior resultado da Seleção em mais de 100 anos fez os olhos da torcida questionarem o treinador do time.

Luis Felipe Scolari, apesar de ter chegado em sua terceira semifinal de Copa do Mundo em três disputadas, vem colecionando decepções como treinador. Os resultados negativos no Chelsea e no Palmeiras fizeram o técnico chegar na Seleção já desacreditado. Numa manobra da CBF, Mano Menezes foi demitido dois dias após conquistar o Superclássico das Américas, para dar lugar a Felipão.

Com a possível demissão do Felipão, Tite fica mais próximo do cargo de técnico do Brasil. Desde abril, já é noticiado que o ex-treinador do Corinthians já foi escolhido como o próximo técnico da Seleção Brasileira independentemente do resultado da Copa do Mundo. A goleada sofrida só deve encurtar o caminho de Tite para a Seleção.

Ainda quando trabalhava no Corinthians, o treinador chegou a admitir que tem vontade de dirigir a Seleção Brasileira. Quando o Timão acabara de vencer a Libertadores da América 2012, Mano havia sido demitido da Seleção. Na ocasião, Tite tinha seu nome cogitado ao lado de Felipão e em entrevista, na época, Tite chegou a comentar: 'Que papai do céu me ilumine'.

Depois de sair do Corinthians, Tite já foi sondado pelo Benfica de Portugal e pelo Flamengo ainda em 2013. Em 2014, além de ser cogitado no Grêmio o técnico foi recentemente cotado no Atlético-MG depois da demissão de Paulo Autuori mas negou toda e qualquer oferta de emprego. Seu objetivo é claro.

Boa sorte, Tite.

Veja Mais:

  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes