Arena Corinthians sofre, novamente, com depredação de torcedores

Arena Corinthians sofre, novamente, com depredação de torcedores

Por Meu Timão

Arena teve assentos vandalizados novamente

Arena teve assentos vandalizados novamente

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O jogo entre Holanda e Argentina foi de festa. A seleção da América do Sul passou à final da Copa do Mundo e tem a chance de conquistar o torneio em solo brasileiro.

Contudo, nem tudo foi motivo de comemoração. A festa argentina teve, de novo, quebradeira de assentos na Arena Corinthians. Para se ter ideia da falta de respeito, dessa vez eles até arremessaram restos dos assentos no gramado.

Segundo informações do jornalista Rodrigo Mattos, os torcedores foram retirados o local e não houve confronto com a polícia. Se lembrarmos bem, não é a primeira vez que os torcedores da Argentina protagonizam esse tipo de vandalismo.

Contra a Suíça, foram danificados 282 assentos em todo o estádio. Vale o destaque que os "hermanos" estiveram presentes em mais de 20 mil torcedores o que só mostra a péssima influência de uma minoria desordeira.

A Fifa já afirmou que pagará por todos os danos a cadeiras que a Arena sofreu durante a Copa. A cada jogo, a diretoria do Timão faz um relatório novo para apontar o que foi destruído.

Veja Mais:

  • Atlético-PR e Coritiba preferiram não realizar a partida e enfrentaram o modelo tradicional do futebol

    Unidos, rivais peitam a Globo e acabam barrados pela Federação Paranaense

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade pode ser afastado nesta segunda-feira

    Linha do tempo, bastidores e opiniões de conselheiros: tudo sobre o impeachment no Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians terminou a quarta rodada como líder do Grupo A

    Líder do Grupo A, Corinthians termina rodada um ponto atrás do líder geral

    ver detalhes
  • Fábio Carille comandou Corinthians em mais uma vitória, desta vez contra o Audax

    Passadas quatro rodadas, só um time tem aproveitamento melhor que Corinthians no Paulistão-2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes