Corinthians forma um novo especialista em cobrança de faltas

Corinthians forma um novo especialista em cobrança de faltas

Por Larissa Emanuelle

45 mil visualizações 93 comentários Comunicar erro

Bruno Henrique se destacou nas cobranças de falta durante treinamento

Bruno Henrique se destacou nas cobranças de falta durante treinamento

Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

Ganhando espaço aos poucos com Mano Menezes, o volante Bruno Henrique mostrou outra qualidade no treinamento desta sexta-feira. Além de se destacar defensivamente, o jogador mostrou habilidade em cobranças de falta.

Em um treinamento específico comandado pelo técnico do Timão, Bruno Henrique cobrou 15 faltas, acertando 11 no total. Na maioria delas, os goleiros Danilo Fernandes e Matheus sofreram, já que surgiram gols Corinthianos. Enquanto o volante teve eficiência, o batedor de faltas 'oficial' da equipe, Jadson, teve um aproveitamento bem mais abaixo.

Bruno Henrique foi titular nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro, mas após a disponibilidade de Elias, acabou ficando como uma boa opção no banco de reservas. Mesmo fora da equipe 'principal', o jogador parece ter a confiança de Mano, que costuma colocá-lo durante os jogos.

Veja Mais:

  • Na segunda partida da temporada, Corinthians de Carille já conheceu o sabor da derrota

    Corinthians marca no início, mas leva virada e sofre primeira derrota no Campeonato Paulista

    ver detalhes
  • Carille garantiu Henrique entre os titulares do Corinthians nesse início de temporada

    Carille fala em vagas abertas na equipe titular do Corinthians, mas garante Henrique na defesa

    ver detalhes
  • Gustagol sobe de cabeça contra zaga do Guarani; camisa 19 é ponto alto do Timão

    Gustagol é eleito craque, e trio de defensores decepciona na primeira derrota do Corinthians em 2019

    ver detalhes
  • Argentino Mauro Boselli já treina com bola e pode estrear no fim de semana

    Carille é cauteloso, mas não descarta estreia de Boselli contra Ponte Preta

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes