Volante corinthiano tem sonho de fazer história na equipe

Volante corinthiano tem sonho de fazer história na equipe

Por Meu Timão

Volante quer fazer história no Timão

Volante quer fazer história no Timão

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A linda história do Corinthians mostra que a torcida tem verdadeira paixão pelos volantes que se dedicam ao time. Não são poucos os nomes que preenchem a galeria de ídolos dessa posição no hall de ídolos do time: Biro Biro, Wilson Mano, Vampeta, Rincón e Paulinho são apenas alguns nomes dessa galeria.

Contudo, um nome da "nova geração" corinthiana quer provar o seu valor. O promissor Bruno Henrique, de 24 anos, começa a provar o seu valor. Visto como o reserva ideal para a função de segundo volante, a diretoria não viu problemas em negociar o outro jogador da posição, Guilherme, quando a Udinese resolveu comprá-lo.

E a fonte de inspiração para que o trabalho continue crescendo vem de casa: o irmão Douglas Corsini, jogador de futsal da Lazio e, atualmente, com 31 anos.

- Me espelhava muito nele. Aos 10 anos saí de casa e fui para Curitiba iniciar no futsal, como ele já havia feito. Sempre apanhava dele, que é sete anos mais velho (risos), mas ele também sempre foi um irmão muito presente. Um segundo pai . - lembra o jogador.

E se engana quem pensa que ele está ansioso para ser titular da equipe. Dono de um temperamento calmo e humilde, o jogador deu sua opinião sobre sua situação no alvinegro.

- Tem de ter paciência. No futebol as coisas acontecem quando você menos espera. Vou continuar trabalhando, independente de ser titular ou não. Temos um grupo muito forte, ainda mais com o Elias, que veio para ser titular. Espero crescer dentro do clube para que um dia possa ter essa titularidade, com uma sequência boa de jogos. Vou esperar a minha hora chegar. - afirmou.

Veja Mais:

  • Pedro Henrique foi uma das baixas do Corinthians no treino desta sexta

    Com dois desfalques, Corinthians se reapresenta já de olho em duelo contra Grêmio

    ver detalhes
  • Jô pode não viajar até a cidade de Tunja, na Colômbia

    Corinthians deve poupar jogadores e pode ter vários jovens da base na Colômbia

    ver detalhes
  • Guilherme Torres jogará mais quatro anos no Deportivo La Coruña

    Recopa, invasão da Fiel no Japão, Carille, La Coruña... Guilherme Torres fala ao Meu Timão

    ver detalhes
  • Pablo foi tranquilizado mais uma vez pela diretoria do Corinthians, que segue confiante

    Sem pressa e confiante: diretoria do Corinthians nem cogita possibilidade de perder Pablo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes