Elias admite falta de ritmo de jogo e fala sobre as dificuldades após a 'volta aos gramados'

Elias admite falta de ritmo de jogo e fala sobre as dificuldades após a 'volta aos gramados'

Por Larissa Emanuelle

Elias fala em sofrimento, mas espera alcançar o melhor nível de jogo em breve

Elias fala em sofrimento, mas espera alcançar o melhor nível de jogo em breve

Foto: Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

O fim de uma longa espera chegou para o volante Elias, que pôde reestrear com a camisa alvinegra contra o Internacional. Titular ao lado de Ralf, o jogador que já atuou duas partidas seguidas afirma que ainda falta ritmo de jogo e ainda assume as dificuldades.

"Foram seis meses muito difíceis, que não desejo para ninguém. Ficar só treinando sem jogar é muito complicado. Agora vou sofrer mais um pouquinho, ficar sem jogar muito tempo é complicado, tem que trabalhar duro para tentar adquirir o ritmo novamente. Estou sofrendo, mas em dois jogos deu pra sofrer um pouquinho, correr atrás do tempo perdido, e espero que daqui a dois ou três jogos esteja no nível ideal", afirmou.

O jogador foi contratado após uma longa novela com o Sporting e só foi liberado para atuar pelo Timão na reabertura da janela de transferências. Agora, com o técnico Mano Menezes, a tendência é de uma boa sequência na equipe para que o ritmo de jogo alcance o padrão ideal.

"Com um mês corrido de vários jogos, cinco ou seis jogos, acho que você consegue adquirir o ritmo ideal, sem contusão, que é o principal. A gente fez uma base boa, treinamos um mês direto, então, vamos evitar lesões durante a temporada".

Assim como Elias, o restante do elenco se prepara para o confronto contra o Bahia, que acontecerá nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil. O jogo acontecerá na Arena Corinthians.

Veja Mais:

  • Carlinhos marcou o seu décimo gol na competição

    Corinthians atropela Juventus na semifinal da Copinha e busca pelo décimo título

    ver detalhes
  • Filipe recebeu a maior nota da Fiel após partida contra o Juventus

    Disputa de craque da partida fica dividida entre goleiro e meia-atacante do Corinthians

    ver detalhes
  • Brendon teria nascido em 1994 e não em 1997 como diz seus documentos

    Adversário do Corinthians na final da Copinha pode ser eliminado da competição

    ver detalhes
  • Drogba quer conversa com técnico e presidente antes de decisão

    Avaliando proposta, Drogba quer contato direto com técnico e presidente do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes