Jogo histórico e sotaque estrangeiro: O primeiro clássico da Arena Corinthians

Jogo histórico e sotaque estrangeiro: O primeiro clássico da Arena Corinthians

Por Larissa Emanuelle

Romero e Guerrero atuaram juntos contra o Bahia

Romero e Guerrero atuaram juntos contra o Bahia

Foto: Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

De um lado, o dono do estádio que sediou a Copa do Mundo e do outro, o rival Palmeiras. Neste domingo, os times paulistas duelarão pela primeira vez no estádio Corinthiano e contam com a força dos seus jogadores estrangeiros para vencer.

Enquanto o clube alvinegro conta com o novo ataque de 'gringos', protagonizado por Guerrero e Romero, o time adversário acredita no treinador Gareca e a sua comissão técnica estrangeira, assim como também nos jogadores Tobio, Mouche e Mendieta, que podem atuar no clássico. Mesmo com estes em campo, as duas equipes possuem desfalques.

Enquanto Lodeiro ainda não pode estrear pelo clube alvinegro e o meia Luís Ramírez 'faz as malas' para atuar no futebol carioca, os atletas Eguren, Victorino e Allione devem permanecer fora do jogo no lado palmeirense.

Vice líder da competição, o Corinthians usará o sangue novo do paraguaio Romero e a vontade do peruano Guerrero para alcançar mais três pontos e seguir na cola do Cruzeiro, enquanto o Palmeiras, sem vencer há duas partidas no campeonato, se vê obrigado à buscar um resultado positivo para não aumentar os jogos de jejum.

O ataque gringo do Timão vai amedrontar o adversário?

Veja Mais:

  • Rodriguinho deve ser uma das opções para o Corinthians no BR-17

    CBF divulga tabela do Brasileirão: Corinthians estreia contra a Chape

    ver detalhes
  • Patch que será usado pelos jogadores no Dérbi de quarta-feira

    Rivalidade à parte: Corinthians e Palmeiras se unem e usarão logo no clássico

    ver detalhes
  • Na última vez em que esteve na Arena, Timão derrotou o Grêmio Novorizontino

    Corinthians muda planos e marca treino para a Arena antes do Dérbi

    ver detalhes
  • Jadson contra o Água Santa no CT do Corinthians

    Jadson melhora, Carille vê chance de reestreia antecipada, mas não diante do Palmeiras

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes