Paulo Nobre promete pagar o prejuízo causado pela torcida palmeirense

Paulo Nobre promete pagar o prejuízo causado pela torcida palmeirense

Por Meu Timão

Paulo Nobre vai bancar o prejuízo causado pela torcida do Palmeiras

Paulo Nobre vai bancar o prejuízo causado pela torcida do Palmeiras

O clima entre os maiores rivais da cidade de São Paulo parece ótimo mesmo após um clássico. Nesta segunda-feira, no programa "Bate Bola - Primeira Edição" da ESPN Brasil, o apresentador e corinthiano Celso Unzelte revelou um diálogo entre o presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, e o ex-presidente do Corinthians, Andrés Sanchez.

Segundo o apresentador, o mandatário Palmeirense foi até Sanchez após o final do clássico para perguntar se houve algum prejuízo no estádio corinthiano.

- E as cadeiras, quebraram algo? - perguntou o presidente do Palmeiras.

- Ô, quebraram e muito! - respondeu Sanchez.

- Amanhã me liga pra gente resolver - finalizou Paulo Nobre.

Antes da partida já se falavam desse acordo, que se algum dano no estádio acontecesse no setor de visitantes, o time adversário arcaria com o prejuízo. O Meu Timão teve acesso ao setor de visitantes depois do final da partida e filmou e fotografou o estrago causado.

Esperamos que a torcida do Corinthians, quando for visitante, também não faça estragos nos estádios dos rivais, afinal isso só prejudica o próprio time.

Veja Mais:

  • Torcidas organizadas propõem pacto pela paz em São Paulo

    Torcidas organizadas propõem pacto pela paz em São Paulo

    ver detalhes
  • Camisa do Corinthians criada por torcedores em homenagem à Chape

    Corinthians bate o martelo sobre homenagens à Chapecoense

    ver detalhes
  • Ronaldinho chegou a estar na mira do Corinthians, revela agente

    Irmão de Ronaldinho Gaúcho revela 'plano de marketing' do Corinthians e provocação de Andrés

    ver detalhes
  • Brasileirão agora tem quatro vagas - não três - à fase de grupos da Libertadores

    Conmebol anuncia novidade, e Corinthians volta ao páreo por vaga direta na Libertadores

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes