Técnico do Corinthians quer o fim das comparações com a Copa

Técnico do Corinthians quer o fim das comparações com a Copa

Por Meu Timão

Mano quer o fim das comparações

Mano quer o fim das comparações

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Após o empate em 0 a 0 contra o Coritiba, no Couto Pereira, o técnico Mano Menezes pediu o fim das comparações do Campeonato Brasileiro com a Copa do Mundo.

- Pessoal está pensando na Copa. Todo jogo agora é ruim. Não estamos mais jogando a Copa. Não estamos mais... A Copa reuniu os melhores jogadores, os melhores tudo do mundo. É uma preparação de quatro, oito anos. Preparação para essa competição é diferente. Nós vamos oscilar - avisou.

Na partida de domingo, o Corinthians foi freado pelo Coritiba e, para piorar, não contou com seu principal atacante, Paolo Guerrero. Jadson não esteve bem e a dupla de ataque Romero e Romarinho não apareceu.

A equipe de Celso Roth, por sua vez, exerceu uma forte marcação no meio e deu chances para o Timão jogar pelas laterais. Apesar do jogo não ter sido tão técnico, Mano Menezes acredita que, se houvesse um vencedor, esse seria o Corinthians.

- Penso que hoje, se tivesse de haver um vencedor, era o Corinthians. Coritiba teve uma chance em falta batida pelo Alex, acho que foi a única defesa que o Cássio fez no jogo. Tem que ter calma, saber entender os estágios que estão as equipes - afirmou.

Veja Mais:

  • Serginho nunca escondeu desejo de atuar no Corinthians

    Corinthians confirma time de vôlei profissional com Serginho

    ver detalhes
  • Arena Corinthians pode ser palco de torneio de pré-temporada em 2018

    'Cansado' da Florida Cup, Corinthians cogita torneio de pré-temporada na Arena em 2018

    ver detalhes
  • Jô fez o gol do Corinthians contra o Vitória na Arena da Fonte Nova

    Vitória faz Corinthians subir para a quarta colocação do Campeonato Brasileiro

    ver detalhes
  • Clayson é o novo reforço do Timão

    Clayson aparece no BID e pode estrear pelo Corinthians contra o Atlético-GO

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes