Nilmar comenta sobre o assédio dos clubes e a situação com o El Jaish

Nilmar comenta sobre o assédio dos clubes e a situação com o El Jaish

Por Larissa Emanuelle

Nilmar está na mira do Timão

Nilmar está na mira do Timão

Na mira do Corinthians e de outros clubes, o atacante Nilmar comentou sobre a rescisão de contrato com o El Jaish, que está sendo negociada pelo seu representante. De acordo com o jogador, diversos clubes já tentaram contato, mas nada pode ser resolvido no momento.

"Muitas pessoas estão me procurando pra falar, mas evitei por respeito com o pessoal do Catar. Não tem nada apalavrado, não abri nenhuma negociação com clube do Brasil ou fora. Posso até prejudicar se eu falar alguma coisa, nunca se sabe o que se passa na cabeça do pessoal do catar", disse o atleta, ao jornal Zero Hora.

"Todos estão ligando para meu empresário e ele está deixando bem claro que para haver negociação tem de encerrar a questão com o Catar, desvincular. Porque se estou livre para assinar com qualquer clube é bem mais fácil de negociar".

O atacante comentou sobre o seu contrato com o El Jaish, que ainda está em vigor.

"Houve um comunicado do clube do Catar, mas, oficialmente, não estou liberado para conversar ou negociar com nenhum clube. Quero deixar bem claro que tudo o que estão falando de clubes, propostas, não tem nada oficial. Somente meu advogado e meu representante estão aptos a resolver esta parte, que é mais jurídica do que minha".

Falando das especulações e da situação com o clube do Catar, Nilmar se mostrou chateado com a divulgação de valores que estivessem ligados ao seu salário.

"Falaram que eu pedi R$ 800 mil de salário. Fico chateado por falar em valores, principalmente porque não abri negociação com ninguém. Todo jogador tem seu valor, seu preço e não tem de ser exposto".

O Corinthians espera a rescisão de contrato de Nilmar com o seu clube atual para tentar uma proposta concreta. O técnico Mano Menezes, que treinou o mesmo no Internacional, acredita que é necessário contratar mais um atacante para a equipe.

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes